"Já o conhecia", revela Gatito após pegar um dos pênaltis da vaga do Bota

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • REUTERS/Jorge Adorno

Barrado, Gatito Fernandez entrou no segundo tempo e virou herói ao pegar três das quatro cobranças do Olímpia e classificar o Botafogo para a fase de grupos da Libertadores. No desembarque, o goleiro paraguaio revelou que conhecia a forma de bater de Mendonza, que chutou forte no meio do gol, nas mãos do botafoguense.

"Já conhecia um pouco ele, tinha visto vídeo. No domingo anterior ele [Mendonza] tinha feito um gol no meio mesmo, então esperei. Ele bateu muito forte, mas graças a Deus consegui tirar e ajudar meus companheiros, que também fizeram os gols. Bateram muito bem", vibrou Gatito.

No último treinamento do Botafogo antes da decisão contra o Olímpia, Jair Ventura fechou a atividade e treinou penalidades. Espiões paraguaios deram um jeito e conseguiram ver Gatito brilhando nas penalidades. A amostragem voltou a se repetir na hora em que o Alvinegro mais precisava.

O goleiro mostrou ainda ter um comportamento ímpar ao comemorar a classificação correndo na direção de Helton Leite, que o havia barrado minutos antes, para dar um forte abraço.

"Significa a unidade do grupo. Ele estava fazendo um grande jogo, mostrando segurança para o time. Eu também me senti um pouco por causa dele. Falei que é um grupo, normal, hoje sou eu, amanhã é ele. Futebol sempre dá voltas, todo mundo tem que estar bem e preparado".

Agora, o Botafogo faz parte do grupo 1 da competição, ao lado do atual campeão Atlético Nacional-COL, Barcelona de Guayaquil-EQU e Estudiantes-ARG. A primeira rodada será no dia 14 de março, contra os argentinos no Estádio Nilton Santos, também conhecido como Engenhão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos