Jair exalta Gatito e brinca: "Tem coisas que só acontecem com o Botafogo"

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Jorge Adorno/Reuters

O Botafogo não gosta do bordão. Mas a classificação da equipe nesta quarta-feira diante do Olímpia, no Assunção, fez com que o técnico Jair Ventura abrisse uma exceção. Helton Leite barrou Gatito Fernandez, que entrou na vaga do companheiro lesionado. Não só entrou como pegou três das quatro cobranças dos paraguaios.

"Tem coisas que só acontecem com o Botafogo. Perdemos uma substituição por conta da lesão do Helton. Mais uma lesão atrapalhando nossos planos. Perdemos o Montillo, o Jonas [suspenso]... Difícil.  Muitas coisas difíceis. Foram quatro finais em 30 dias para nos prepararmos. Fomos na raça, na garra, na intensidade. A cara do Botafogo", disse Jair Ventura.

"Tivemos resiliência e tínhamos nossa estratégia para atacar, mas não conseguimos a transição rápida. Com passes em velocidade. Foi para os pênaltis. E numa noite feliz do Gatito e dos nossos cobradores, conseguimos essa tão sonhada classificação. Pegamos dois gigantes sul-americanas. Mas o Botafogo é gigante também. Fico feliz. Agora começa a Libertadores. Fico feliz de ganhar de clubes grandes. Nos credencia a chegar mais fortes na fase de grupos", completou o treinador do Alvinegro.

Agora, o Botafogo faz parte do grupo 1 da competição, ao lado do atual campeão Atlético Nacional-COL, Barcelona de Guayaquil-EQU e Estudiantes-ARG. A primeira rodada será no dia 14 de março, contra os argentinos no Estádio Nilton Santos, também conhecido como Engenhão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos