Em último treino, Palmeiras trabalha contra principal arma do Tucumán

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Borja (dir) pode aparecer como titular pela primeira vez

    Borja (dir) pode aparecer como titular pela primeira vez

O Palmeiras realizou na noite desta terça-feira o último trabalho antes da estreia na Copa Libertadores da América. No Estádio Monumental José Fierro, palco do duelo desta quarta, às 21h45 (de Brasilia), contra o Atlético Tucumán, o elenco reconheceu o gramado e trabalhou insistentemente contra a principal arma dos argentinos: a bola área.

Eduardo Baptista abriu o trabalho para a imprensa e acertou os últimos detalhes antes da estreia. O treinador investiu no trabalho defensivo para corrigir o posicionamento em bolas aéreas, especialmente em escanteios e faltas.

A preocupação deve-se ao potencial do clube argentino no estilo de jogo com jogadas pelo alto. O centroavante Fernando Zampedri, autor de três gols durante a fase de classificação, tem o cabeceio como uma das principais características de jogo.

O técnico do Palmeiras não deu pistas sobre a escalação titular para a estreia na competição continental. A tendência é de que Miguel Borja, principal contratação para a temporada, atue pela primeira vez entre os 11.

Horas antes do confronto, a comissão técnica cortará três jogadores da delegação para definir os 18 que irão para a estreia desta quarta-feira. O Palmeiras viajou com 21 nomes para a Argentina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos