Do café da manhã no CT ao hotel: Grêmio se previne para jogar na Venezuela

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Elenco treinará em horário incomum e terá alimentação especial durante voo

    Elenco treinará em horário incomum e terá alimentação especial durante voo

A estreia no grupo 8 da Copa Libertadores de 2017 obrigou o Grêmio a mexer em sua programação e criar uma grande operação de logística. Para enfrentar o Zamora, na quinta-feira, o Tricolor vai treinar quase no horário do café da manhã e ficará sem jogar no final de semana. Há, também, cuidado especial com a alimentação do elenco.

O embarque para Barinas, no interior da Venezuela, ocorre às 12h (Brasília) desta terça-feira. Para pegar o voo fretado a tempo, o último treino em Porto Alegre foi marcado para as 8h15.

Os jogadores deverão chegar ao CT bem antes disso, para café da manhã e exercícios. Depois da atividade, o elenco vai ao aeroporto e decola com destino a Manaus. Após escala para reabastecimento, segue direto até a cidade onde será a partida de quinta-feira.

É hábito que os treinos do turno da manhã ocorram entre 9h e 10h. O novo horário foi necessário por conta da logística.

"As viagens para Venezuela, Bolívia e até Cuba são realmente diferentes. Mas vamos em voo fretado, a logística já cuidou de todos os detalhes e estamos com todas as áreas ligadas ao departamento de futebol preparadas", disse Saul Berdichevski, diretor de futebol.

O mesmo critério motivou um pedido do Grêmio junto à Federação Gaúcha de Futebol: adiar a partida contra o Brasil de Pelotas, pela sétima rodada do Gauchão. A solicitação foi aceita e o confronto passou de 11 para 15 de março, semanas atrás.

Assim, o Grêmio jogará na Venezuela na quinta-feira (9) e não terá compromisso no final de semana. A viagem de volta ocorre na sexta e a logística forçaria o clube a usar uma equipe alternativa. Como o estadual tem peso no planejamento do Tricolor, diferente da Primeira Liga, o clube pediu o adiamento do duelo com a equipe de Pelotas.

Durante o deslocamento, o Grêmio cuidará da alimentação dos jogadores de forma especial. Com refeições adicionais para compensar a longa viagem que percorrerá sete mil quilômetros. O voo fretado e a precariedade atual da Venezuela impediram que um grupo de apoio muito grande fosse até Barinas preparar a chegada da delegação.

Duas semanas atrás, a comissão técnica enviou analistas para mapear o Zamora in loco. A área da nutrição do departamento de futebol tratou por telefone e e-mail com o hotel que receberá o Grêmio e será responsável pelo cardápio dos jogadores.

"A nutrição já está a par de toda situação, a área da logística já tinha histórico e conhecimento e cruzou novos dados", comentou Berdichevski.

O Grêmio enfrenta o Zamora a partir das 19h30 (Brasília). O grupo ainda conta com Deportes Iquique, do Chile, e Guaraní, do Paraguai.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos