Novo Grêmio? Time estreia com cinco mudanças em relação a 2016

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Miller Bolaños é uma das novidades no time titular em relação ao ano passado

    Miller Bolaños é uma das novidades no time titular em relação ao ano passado

O Grêmio que estreia na Copa Libertadores de 2017 não é o mesmo que venceu a Copa do Brasil do ano passado, mas também é diferente daquele considerado ideal para esta temporada. O time que enfrenta o Zamora nesta quinta-feira (9), na Venezuela, a partir das 19h30 (Brasília) é um híbrido de passado e futuro. E reflexo das contingências que levam o Tricolor a entrar no torneio longe de estar pronto.

Na comparação com o time campeão em dezembro, cinco são as baixas para a primeira partida no grupo 8 da Libertadores. Quatro por lesão e uma por transferência.

Edílson, Geromel, Maicon e Douglas não viajaram por diferentes problemas clínicos. Walace foi vendido ao Hamburgo-ALE. Mas não passa só por eles a mutação de um Grêmio para outro. Reforços foram contratados com a missão de serem titulares.

São os casos de Gastón Fernández e Lucas Barrios. O meia-atacante ainda não estreou, mas ganhou a camisa 10 na lista de inscritos junto à Conmebol. Já o centroavante debutou no Gre-Nal e pode até começar a partida na cidade de Barinas, mas a tendência é que inicie no banco.

Com Barrios, Renato Gaúcho tem três alternativas de time para jogar. As opções serão testadas ao longo da competição. O mesmo vale para 'La Gata' Fernández, que chegou depois e disputará posição com Miller Bolaños – o substituto caseiro de Douglas.

Além da escalação, o estilo de jogo também deve mudar. Em 2016, por ter assumido com a temporada em andamento, Renato mexeu o menos possível no Grêmio montado por Roger Machado. Os princípios aplicados pelo treinador seguiram até o último lance do ano.

Agora, as ideias devem se alinhar mais com a visão de futebol de Renato Gaúcho. Um jogo com referência, sem tanta amplitude e com mais liberdade criativa. Dependência de jogadas individuais. Com marcação individual e não por zona.

Este Grêmio encara um dos clubes em maior ascensão no continente. O Zamora ganhou três títulos nacionais depois de sua refundação e mantém o mesmo treinador há um ano e meio. Investe em um modelo de jogo vertical e ofensivo. Mas já enfrentou brasileiros três vezes e nunca levou a melhor. O novo Grêmio tem um teste relevante.

FICHA TÉCNICA
ZAMORA-VEN X GRÊMIO

Data e hora: 09/03/2017 (quinta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: estádio Agustín Tovar, em Barinas (VEN)
Transmissão na TV: Foxsports
Árbitro: Darío Herrera (ARG)
Auxiliares: Hernan Maidana (ARG) e Cristian Navarro (ARG)

ZAMORA-VEN: Salazar; Faría, Rene Flores, Filipetto e Ovalle; Melo, Vargas e Manco; Peña, Martínez e Clarke
Técnico: Francisco Stifano

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jaílson, Michel, Ramiro, Miller Bolaños e Pedro Rocha (Barrios); Luan
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos