Por que o Grêmio acha bom ficar 32 dias sem jogar a Libertadores

Do UOL, em Porto ALegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Grêmio vê parada como boa ao entrosamento e recuperação de lesionados

    Grêmio vê parada como boa ao entrosamento e recuperação de lesionados

O Grêmio vai ficar mais de um mês sem jogar a Copa Libertadores e acha bom. Depois de vencer o Zamora-VEN fora de casa, o Tricolor só volta a atuar pelo torneio em 11 de abril, contra o Iquique-CHI. O intervalo é celebrado pela direção e comissão técnica por dois motivos: tempo para recuperação de lesionados e chance de entrosar ainda mais o time.

Quatro titulares estão lesionados e somente Douglas, que rompeu ligamentos do joelho, não volta antes do próximo compromisso pela Libertadores.

Os casos de Edílson, Pedro Geromel e Maicon são mais simples. Outros nomes do elenco, como Maxi Rodríguez e Beto da Silva, são alternativas ao time titular e também poderão estar à disposição diante do Deportes Iquique.

"O lado positivo é que temos alguns jogadores com problemas, no departamento médico, e vamos ter tempo para recuperar esses jogadores", disse o técnico Renato Gaúcho.

Nestes 32 dias longe da Libertadores, o Grêmio terminará a fase de classificação do Gauchão e iniciará a etapa eliminatória do estadual, além de enfrentar o América-MG pela Primeira Liga.

"Eu confio no grupo, as lesões acontecem. Quem entra, entra com total confiança. E mais uma vez, os jogadores deram prova de que nosso grupo está fechado, é bom e é grande. Agora é procurar recuperar jogadores e pensar no próximo jogo", comentou o treinador.

Sem conquistar o título estadual há seis anos, o clube não abre mão de usar força máxima no Campeonato Gaúcho. Este lado também ajudará, por tabela, os planos para Libertadores. Nas partidas contra Brasil de Pelotas, Veranópolis, Novo Hamburgo, Juventude, São Paulo e confrontos de mata-mata posterior Renato Gaúcho poderá testar peças à disposição.

Nomes como Lucas Barrios, Gastón Fernández, Bruno Cortez, Leonardo e Bruno Rodrigo – último reforço contratado.

Diante do Iquique, o Grêmio defenderá a liderança do grupo 8 obtida pelo saldo superior ao Guaraní-PAR. Mas também poderá apresentar um time mais entrosado e com outras opções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos