Aniversariante, Jair ganha festa surpresa e exalta Botafogo: "tem coração"

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Bernardo Gentile/UOL

O Botafogo, provavelmente, não é o time mais forte da Libertadores. Dificilmente, porém, haverá um time que mais se entregue durante os jogos. Essa é a análise feita pelo técnico Jair Ventura após o Alvinegro conquistar uma vitória por 2 a 1 sobre o Estudiantes, nesta terça-feira, no Estádio Nilton Santos (Engenhão) na estreia da fase de grupos da competição.

Após a coletiva de imprensa, Jair teve uma emocionante surpresa. Viu pai, mãe, irmã e sobrinho entregar um bolo e cantar parabéns pelos 38 anos de idade.

"Podemos ter alguns defeitos, mas falar que não nos entregamos, que jogamos com o coração na ponta das chuteiras. Ai não, ninguém pode falar. Vamos jogar de igual para igual com qualquer equipe", disse o técnico Jair Ventura, aniversariante do dia.

Bernardo Gentile/UOL
E a entrega em campo foi fundamental para que o Botafogo conseguisse os três pontos no primeiro jogo da fase de grupos. Pontos estes muito comemorados pelo treinador do Alvinegro.

"Importantíssima, primeiro pela confiança. Você percebia o respeito dos adversários ao chegar aqui. Equipe deles congelaram. Devagar para bater falta, lateral. Isso é respeito. Vamos buscar jogo fora. Parabéns para a torcida que fez linda festa", completou o treinador do Botafogo.

Agora, o Botafogo precisa desligar a chave da Libertadores. Isso porque o time só volta a campo pela competição no dia 13 de abril, quando visitará o Atlético Nacional-COL, em Mendelín. O Alvinegro encara o Vasco neste domingo, no Estádio Nilton Santos, na Taça Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos