Lesões e suspensões fazem Fla encarar jogo decisivo sem reforços de 2017

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Ivan Alvarado/Reuters

    Berrío foi suspenso por três jogos e só voltar a atuar no último duelo da fase de grupos

    Berrío foi suspenso por três jogos e só voltar a atuar no último duelo da fase de grupos

No começo do ano, o Flamengo trouxe quatro jogadores para reforçar ainda mais o elenco montado ao longo das últimas temporadas. O problema é que esses atletas estão se deparando com problemas que o impedem de apresentar o melhor futebol ou até mesmo de entrar em campo. A exceção é Trauco, que se firmou na lateral esquerda com boas atuações. Já Rômulo, Berrío e Conca...

Rômulo é o caso mais curioso. Ele foi contratado com o objetivo de reforçar a equipe em uma posição carente e que contava com o contestado Marcio Araújo. O volante virou titular com tranquilidade e até causou boa impressão no início de trajetória.

De uma hora para outra, porém, o jogo virou. Rômulo passou a acumular atuações questionáveis e viu, ao mesmo tempo, o companheiro superar a desconfiança dos torcedores para virar uma espécie de xodó dos rubro-negros. Lesionado, o reforço vê de fora o sucesso de Marcio Araújo no time titular sem saber se voltará automaticamente quando estiver recuperado.

Berrío, por sua vez, é quem mais tem causado frustração na torcida do Flamengo. Contratado com status de titular, teve de ficar no banco de reservas até atingir o nível físico desejado pela comissão técnica. A velocidade do atacante até impressionou os torcedores, que o compararam ao super-herói "The Flash". Só que uma expulsão na Libertadores deixou o colombiano em xeque. Punido de forma rigorosa, ele só poderá atuar no último jogo da fase de grupos. .

Conca, por sua vez, segue o planejamento desde a sua contratação, avalizada com a ciência da recuperação na lesão no joelho. Ele entrou na reta final da preparação e já vê com certa proximidade o retorno aos gramados – previsão é em maio.

O argentino se recupera da cirurgia e realiza trabalhos com bola diariamente no CT Ninho do Urubu. O Flamengo costuma postar vídeos dos treinos nas redes sociais e os torcedores manifestam empolgação com a possibilidade do atleta integrar em breve as relações para as partidas. Conca executa finalizações, dribles, toques rápidos e todos os demais fundamentos necessários.

Nesta quarta-feira, o Flamengo tem jogo fundamental para a sequência da Libertadores ao enfrentar o Atlético-PR, no Maracanã. Os paranaenses estão na segunda colocação do grupo, com quatro pontos, mesma pontuação da líder Universidad Católica-CHI e um a mais que os cariocas, com três. Um tropeço tornaria a vida do Rubro-negro complicada, tendo de buscar resultados como visitante para ir ao mata-mata.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos