Grêmio promete força máxima em "maratona" de Gaúcho e Libertadores

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Time gaúcho pode disputar até nove partidas em período de 30 dias

    Time gaúcho pode disputar até nove partidas em período de 30 dias

O Grêmio avança no decisivo e pesado mês de abril ao entrar em campo nesta terça-feira (11) para receber o Deportes Iquique pela Libertadores. O duelo é o segundo de uma agenda que pode ter até nove partidas em menos de 30 dias. O impacto dessa maratona será sentido mais adiante e deverá se espraiar para vários departamentos do Tricolor.

A corrida contra o tempo começou no sábado, com o segundo jogo das quartas de final do Gauchão diante do Veranópolis. O Grêmio não preservou titulares. Usar força máxima tem sido um mantra na Arena: jogar com o que tem de melhor e com a cabeça no jogo. Foi esse o discurso de Renato Gaúcho antes da vitória por 5 a 0. O centro da estratégia é afastar os jogadores do pensamento no todo e tentar reduzir o peso de um mês carregado de partidas entre Libertadores e Estadual, em caso de classificação à final.

No departamento de futebol a estratégia está pronta. Os titulares só serão preservados em caso de lesão ou desconforto muscular acentuado, ou seja, com real necessidade de descanso. Não haverá prioridade a nenhuma competição, como ocorreu em anos anteriores.

Durante as semanas, no intervalo dos jogos, serão mais comuns as sessões de regeneração e mais raros os trabalhos táticos ou técnicos. O volume, portanto, será reduzido para compensar o esforço dos atletas nos jogos. Também faz parte desse grande plano o cuidado no retorno de jogadores que estiveram lesionados, como os casos de Edílson, Geromel e Maicon. Nenhum deles voltou antes do previsto – o lateral chegou a esperar mais do que desejava, justamente para não ter novos problemas diante da série de partidas atual.

"O Grêmio está mais forte, mais encorpado. A gente chega em um momento bom, com uma vitória boa no Estadual. É preciso colocar essa mesma força do Estadual na Libertadores", disse Léo Moura.

Depois de pegar o Deportes Iquique, o Grêmio recebe o Novo Hamburgo no jogo de ida da semifinal do Gauchão. Em seguida, viaja ao Paraguai para enfrentar o Guaraní pela Libertadores. Volta ao Brasil e em 23 de abril visita o Novo Hamburgo. Quatro dias depois, recebe o clube paraguaio. Se chegar à final do Estadual, entra em campo nos dias 30 de abril e 7 de maio. No meio da decisão, encara o Iquique fora de casa.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X DEPORTES IQUIQUE-CHI

Data e hora: 11/04/2017 (terça-feira), às 21h45min (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Fox Sports
Árbitro: Esteban Ostojich (CHI)
Auxiliares: Mauricio Espinoza e Michel Nievas (ambos do Chile)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon (Michel), Léo Moura, Miller Bolaños e Pedro Rocha; Luan
Técnico: Renato Gaúcho

DEPORTES IQUIQUE-CHI: Brayan Cortez; Alan Moreno, Zenteno, Hernán López e Tomás Charles; Riquero, Rafael Caroca, Misael D'Avila, Bustamante e Diego Torres; Álvaro Ramos
Técnico: Jaime Vera

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos