Atlético toma susto, mas Fred faz quatro e garante vitória na Libertadores

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • AFP PHOTO / DOUGLAS MAGNO

    Fred comemora um de seus gols pelo Atlético-MG contra o Sport Boys

    Fred comemora um de seus gols pelo Atlético-MG contra o Sport Boys

Na véspera do jogo com o Sport Boys, da Bolívia, o discurso do técnico Roger Machado era de fazer um jogo para provar a condição do Atlético-MG como um dos candidatos ao título da Libertadores. Mas em campo, o que se viu foi um time bem distante disso. Apesar da vitória por 5 a 2, após tomar uma virada em casa, o time alvinegro apresentou algumas deficiências, que podem custar caro em jogos maiores.

Noite salva por Fred, que marcou duas vezes num intervalo de três minutos e ainda fez o terceiro e o quarto dele no final do jogo, colocando o Atlético na liderança do grupo 6, com quatro pontos, assim como o Godoy Cruz, da Argentina, mas com melhor saldo de gol. O próximo compromisso pela Libertadores vai ser na semana que vem, contra o Libertad, no Paraguai. Antes, o Atlético tem o primeiro jogo da semifinal do Mineiro, contra a URT, neste domingo, às 11h, no Mineirão.

Fred decide para o Atlético em apenas três minutos

O gol de Messidoro aos 11 minutos do segundo tempo deixou a torcida do Atlético apreensiva e o time mostrou um certo descontrole por alguns instantes. Era o 2 a 1 para o Sport Boys, de virada. Problema resolvido por Fred, que num espaço de três minutos marcou duas vezes e garantiu a primeira vitória atleticana nesta edição da Copa Libertadores. Noite que foi até de redenção para o camisa 9, que perdeu um gol incrível quando a partida ainda estava empatada em 1 a 1. O centroavante ainda marcou mais duas vezes, nos minutos finais do jogo. Agora, o Fred tem 16 gols na temporada 2017.

Atlético mantém histórico de fazer gol no começo

O duelo com o Sport Boys foi o 19º do Atlético pela Libertadores no Independência. E pela 15ª vez o time alvinegro conseguiu fazer o primeiro gol logo no começo da partida. Robinho abriu o placar aos 4 minutos da etapa inicial. Agora, das 19 partidas no Independência pela competição continental, em 15 o Atlético fez o primeiro gol antes do minuto 20.

Retorno de Luan como titular dura apenas 29 minutos

Victor Martins/UOL Esporte
Luan deixa o campo consolado por membros da comissão técnica do Atlético-MG

Para estrear em 2017 Luan fez um trabalho especial na Cidade do Galo e ficou fora dos primeiros jogos do ano. Tanto que o camisa 27 tinha disputado apenas quatro partidas na temporada, todas partindo do banco de reservas. No primeiro jogo como titular em 2017, Luan ficou em campo somente 19 minutos. Após uma dividida, o meia se queixou de dores e pediu para deixar o gramado. Visivelmente emocionado, o jogador foi consolado pelos companheiros de clube e por membros da comissão técnica atleticana.

Atlético não joga bem até virar na base do abafa

Mais um jogo ruim. Assim era a atuação do Atlético até a entrada de Rafael Moura. Apesar de abrir o placar logo aos quatro minutos, a equipe do técnico Roger Machado não conseguiu se impor sobre o adversário, que participa pela primeira vez de uma edição de Copa Libertadores. Quando perdia por 2 a 1, a solução foi colocar Rafael Moura e ter dois centroavantes na área adversária. Estratégia usada outras vezes e que já havia funcionado. Com dois centroavantes em campo, o Atlético marcou quatro vezes em cerca de 30 minutos.

Mesmo mal, Atlético perde chances claras de gol

O Atlético não jogou como se esperava, não se impôs como um candidato ao título da Libertadores deve se impor diante de um adversário mais fraco. Mesmo com todas as dificuldades para criar chances de gol, o Atlético teve duas ótimas chances para desempatar a partida, enquanto ainda estava 1 a 1. Primeiro com Robinho, nos minutos finais da etapa inicial. O camisa 7 tentou fazer de bicicleta, mas errou o chute. Depois foi a vez de Fred, aos 3 minutos do segundo tempo. Mesmo dentro da pequena área e sem goleiro pela frente, o centroavante chutou por cima do gol.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 5 X 2 SPORT BOYS-BOL

Data: 13/04/2017 (quinta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 2ª rodada do grupo 6 da Copa Libertadores
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 18.402 presentes
Renda: R$ 1.305.814,00
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Luis Murillo e Franchescoly Chacon (ambos Venezuela)
Cartões amarelos: Elias (CAM) Carlos Tenório, Córdoba e Vogliotti (SBS)
Gols: Robinho aos 4, Carlos Tenório aos 10 minutos do primeiro tempo; Messidoro aos 11 e Fred aos 26, 29 e 43 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG
Giovanni, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Otero (Rafael Moura, aos 13 do 2º) e Luan (Cazares, aos 29 do 1º); e Robinho (Danilo, aos 31 do 2º); Fred.
Treinador: Roger Machado.

SPORT BOYS-BOL
Carlos Arias, Juan Carlos Zampiery, Cristian Coimbra, Grenddy Perozo, Rosauro Rivero, José Luis Sánchez Capdevila; Leandro Ferreira, Jherson Córdoba, Danny Bejarano, Alexis Messidor (Rojas, aos 25 do 2º); Carlos Tenorio (Vogliotti, aos 17 do 2º). Treinador: Xabier Askargorta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos