Renato volta a pedir atenção e fala em 'degrau a degrau' no Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP/Fernando Llano

Renato Gaúcho voltou a pedir atenção total ao Grêmio. Depois do último treino antes da viagem ao Paraguai, onde o Tricolor enfrenta o Guaraní pelo grupo 8 da Libertadores, o treinador chegou a dizer que os últimos gols sofridos foram por culpa do próprio time. E ainda pediu foco na próxima partida, usando a figura de linguagem de 'degrau a degrau'.

Na quinta, o Grêmio joga em Assunção e no domingo atua em Novo Hamburgo. O jogo no Paraguai vale a liderança da chave e a partida no estádio do Vale define o finalista do Campeonato Gaúcho.

"A gente tem que ir jogo a jogo. Estamos pensando no Guaraní, sem muito tempo para trabalhar. Mas é o preço que se paga por trabalhar em um grande clube. O grande clube sempre joga mais campeonatos que a equipe do interior. A gente sabe o quanto é difícil jogar no Paraguai. É uma equipe que está liderando a chave, assim como nós. Facilidade não vamos encontrar. Mas não adianta pensar no jogo de domingo se temos jogo quinta-feira. Vamos ir degrau a degrau. A partir de sexta, vamos pensar no Novo Hamburgo. Mas independente do adversário, não podemos dar mole", disse Renato.

Antes da entrevista coletiva, o treinador comandou uma atividade com portões fechados aos jornalistas. Na manifestação, não deu nenhum indício de mudança na equipe titular. Mas reiterou o pedido público por maior atenção, citando os gols sofridos contra Deportes Iquique-CHI e Novo Hamburgo.

"Não tirando os méritos do adversário, pelo contrário, mas os três gols que tomamos foram em falhas nossas. Temos que ter atenção total. A gente tem que ter concentração durante os 90 minutos. A semana é decisiva por um lado. Temos um jogo importante pela Libertadores, vale a liderança, e também por ser reta final do Campeonato Gaúcho. Agora é matar ou morrer", comentou. "No futebol, cochilou vai pagar caro. Mas agora chegou uma fase que não pode cochilar. Nem por 30 segundos", acrescentou depois.

O Grêmio viaja ao Paraguai no final da noite desta terça-feira. Na véspera da partida no estádio Defensores del Chaco, o Tricolor realiza um treino em Assunção. O retorno acontece logo depois da partida, antecipada pela Conmebol para às 19h30min (Brasília) de quinta-feira. Originalmente o duelo começaria às 21h45min.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos