Botafogo perde pênalti, mas arranca empate com Sassá e mantém liderança

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Rodrigo Buendía/AFP Photo

    Botafogo perdeu muitas chances e sofreu para arrancar empate com o Barcelona-EQU

    Botafogo perdeu muitas chances e sofreu para arrancar empate com o Barcelona-EQU

Botafogo e Barcelona de Guayaquil-EQU empataram por 1 a 1 nesta quinta-feira, no Estádio Isidro Romero Carbo, no Equador. Os brasileiros perderam um pênalti, com Camilo, além de muitas outras oportunidades de gol. Para piorar, viu os equatorianos abrirem o placar com Alemán. No fim, o Alvinegro conseguiu o empate com Sassá, em nova cobrança de pênalti.

Com o resultado, Botafogo e Barcelona de Guayaquil-EQU seguem na liderança do Grupo 1 com 7 pontos - o Alvinegro é o líder porque os equatorianos somam um cartão vermelho. O Estudiantes-ARG é o terceiro com 3. O Atlético Nacional-COL segue sem pontuar.

Botafogo perde pênalti, acerta trave e consagra Banguera

Mesmo jogando fora de casa era o Botafogo quem mandava no jogo. Logo no primeiro minuto, Roger sofreu pênalti e viu Camilo bater fraco para defesa de Banguera, que ainda pegou o rebote de João Paulo. O goleiro estava inspirado e impediu o Alvinegro de abrir o placar em mais duas oportunidades: aos 18min, Emerson Silva cabeceou para defesa e Pimpão acertou a trave; Aos 23min, Camilo quase marcou após lançamento em profundidade.

Quem não faz... Equatorianos acordam e abrem placar com golaço

Alguns bordões existem há décadas no futebol porque simplesmente são a mais pura verdade. Quem nunca ouviu: "Quem não faz, leva"? Após o Botafogo perder três chances cristalinas, o Barcelona fez boa jogada com Alemán, que driblou Gatito e fez o gol sem goleiro. O gol esfriou não só os brasileiros, mas como o duelo de maneira geral. Vitória parcial e pouco merecida para os donos da casa.

Barcelona-EQU se acerta defensivamente e complica Botafogo

Se no primeiro tempo o Botafogo perdeu várias oportunidades de abrir o placar, o segundo a situação foi completamente diferente. Antes bagunçada, a defesa do Barcelona se acertou na etapa complementar. Assim, o Alvinegro passou a encontrar dificuldades para criar jogadas e ficou em situação complicada.

Tudo ou nada: Jair tenta mudar panorama com Sassá e Guilherme

Sem criar tantas oportunidades, o técnico Jair Ventura tornou o time mais ofensivo com as entradas de Sassá na vaga de Roger e Guilherme em Rodrigo Lindoso. Após a expulsão de Mena, o Botafogo foi para o abafa e conseguiu o empate em nova cobrança de pênalti. Desta vez, Sassá não perdoou.

BARCELONA-EQU 1 X 1 BOTAFOGO

Data e hora: 20/04/2017, quinta-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Estadio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil, Equador
Árbitro: Jesús Valenzuela-VEN
Auxiliares: Carlos López e Elbis Gómez (VEN)
Gols: Alemán, aos 31min do primeio tempo; Sassá, aos 43min do segundo tempo
Cartões amarelo: Mena e Pineda (BAR) Emerson Silva, João Paulo e Bruno Silva (BOT)
Cartão vermelho: Mena (BAR)

BARCELONA-EQU
Banguera; Velasco, Aimar, Mena, Pineida; Marques, Calderón, Esterilla, Caicedo (Ayoví), Alemán (Ariel); Alvez (Arreaga)
Técnico: Guillermo Almada

BOTAFOGO
Gatito, Emerson (Fernandes), Carli, Emerson Silva, Victor Luis; Lindoso (Guilherme), Bruno Silva, João Paulo, Camilo; Pimpão e Roger (Sassá)
Técnico: Jair Ventura

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos