Fred e Rafael Moura atuam juntos por 17 minutos e não resolvem pela 1ª vez

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Pela primeira vez em 2017 a dupla Fred e Rafael Moura não conseguiu evitar a derrota do Atlético-MG

    Pela primeira vez em 2017 a dupla Fred e Rafael Moura não conseguiu evitar a derrota do Atlético-MG

O Atlético-MG virou o primeiro tempo perdendo por 1 a 0 para o Libertad, pela Copa Libertadores, no Estádio Nicolás Leoz, em Luque, no Paraguai. E assim como fez em outras quatro oportunidades anteriores, o técnico Roger Machado mandou a campo o atacante Rafael Moura para formar uma dupla de centroavantes com Fred. Clique aqui e veja o gol da partida.

A solução funcionou nas quatro vezes anteriores. Uberlândia, Democrata-GV, Villa Nova e Sport Boys, da Bolívia, foram os jogos em que Fred e Rafael Moura haviam atuado juntos. Em todos a dupla foi lançada num momento em que o Atlético não vencia e em todos o time alvinegro conseguiu o resultado positivo.

Com a entrada de Rafael Moura no lugar de Danilo, após o intervalo, Roger Machado esperava mudar o jogo com o Libertad. Mas não deu e os centroavantes ficaram apenas 17 minutos juntos em campo.

"Eu girei, dei um chute e começou a dar incômodo. Não sei se foi pelo campo pesado ou pelo chute. Para correr estava incomodando. Tenho uma certa experiência, não teve aquela fisgada, de ruptura, e optei por prevenir, para não agravar mais ainda", explicou Fred, que deixou o jogo para a entrada de Maicosuel.

O artilheiro do Atlético no ano, com 16 gols, lamentou o fato de sentir um incômodo na coxa. Para Fred, a equipe melhorou com a entrada de Rafael Moura, mas foram poucos minutos com dois centroavantes em campo.

"Hoje não tinha como jogar futebol. A gente até tentou colocar a bola no chão, mas a bola prendia. Depois que entrou o Rafa melhorou bastante, mas infelizmente eu tive de sair", lamentou Fred, em entrevista ao Canal Fox Sports, que lamentou muito o placar final. "Foi uma derrota que doeu bastante", completou. 

Com o resultado no Paraguai, o Atlético pode perder a liderança do grupo 6 da Libertadores, caso o Godoy Cruz vença o Sport Boys, nesta quinta-feira, na Argentina. Somente o triunfo do time boliviano, por até dois gols de diferença, vai manter o Atlético na ponta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos