Auxiliar de Tite acompanha jogo do Atlético-MG e não descarta volta de Fred

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Na vitória do Atlético-MG por 2 a 0 O diante do Libertad, do Paraguai, pela Copa Libertadores, o Independência recebeu a presenta de um espectador especial. Auxiliar técnico de Tite, na seleção brasileira, Cléber Xavier esteve no estádio para acompanhar a quarta partida do clube mineiro no torneio continental. Em uma das cabines do estádio, Xavier não descartou um possível retorno de Fred, quando perguntado sobre o assunto.

"A gente não fecha a porta para ninguém, mas hoje o nosso sistema de jogo é com jogadores de maior mobilidade. Mas o Fred vive ótima fase e nunca podemos descartar alguém com essa qualidade", disse Cléber Xavier, em entrevista à Rádio Inconfidência.

Embora não tenha o retorno à seleção brasileira como o principal objetivo, Fred deixa claro que uma nova convocação seria uma chance de apagar um pouco a imagem que ficou da Copa do Mundo de 2014. Titular da seleção no Mundial disputado no Brasil, o então camisa 9 foi bastante criticado pelo péssimo desempenho da equipe durante a disputa.

"Não trabalho com pretensão de voltar para a seleção. Seleção agora está uma barca maravilhosa, bola chegando toda hora. Vejo como uma oportunidade única de fechar meu ciclo na seleção com chave de ouro. Se pintar essa oportunidade, seria incrível para mim", disse o centroavante do Atlético, em entrevista ao Canal Fox Sports.

Além de Fred, outro jogador do Atlético que fala em retorno à seleção brasileira é o volante Elias. O jogador reforçou recentemente o desejo de disputar a próxima Copa do Mundo, no ano que vem, na Rússia. E o camisa 8 do Atlético teve o nome citado por Cléber Xavier, durante a passagem por Belo Horizonte.

"É um trabalho constante de observação que estamos fazendo. Inclusive de jogadores que estiveram recentemente com a gente, como é o caso do Elias", disse o auxiliar, que também trabalhava com Tite na época de Corinthians, assim como o volante.

Noite de Fred não teve gols, mas teve assistência

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Fred não marcou contra o Libertad, mas participou dos gols do Atlético-MG

Artilheiro do futebol brasileiro na temporada, com 16 gols, Fred não fez nenhum no triunfo do Atlético sobre o Libertad. No entanto, o camisa 9 teve participação na vitória da equipe brasileira. O goleador mudou de função e virou o garçom, dando o passe para o gol de Robinho, o primeiro da noite no Independência. Fred também participou do segundo gol, anotado por Cazares. O camisa tocou para Rafael Moura, que chutou para grande defesa do goleiro Muñoz, mas dando rebote para Cazares fazer o segundo gol do Atlético.

Bastante feliz com a vitória da equipe e, principalmente, com o desempenho coletivo, Fred também comentou a presença do auxiliar Cléber Xavier no Horto. Para o goleador atleticano, o fato de um membro da comissão técnica da seleção brasileira estar presente no estádio é sinal da qualidade do Atlético. "A motivação é para todo mundo. O nosso time tem vários jogadores com nível de seleção. Desde o Gabriel, que é o mais novo, até eu, que sou um dos mais experientes. A gente fica feliz por ter aqui Cléber observando. Mostra que o nosso time tem qualidade. É o que já falei, é o sonho de qualquer atleta defender a seleção. Se for acontecer, vai acontecer na hora certa".

Os jogadores do Atlético jogaram diante do Libertad sem saber da presença de Cléber Xavier no estádio. A informação chegou aos atletas apenas após o término da partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos