'Se a gente tiver que brigar, brigaremos', diz Mina após confusão

Do UOL, em São Paulo (SP)

A briga entre jogadores do Palmeiras e Peñarol serviu para unir ainda mais o grupo comandado por Eduardo Baptista. Pelo menos esta foi a visão exposta pelo zagueiro Yerry Mina, em zona mista realizada depois de todo o caso ocorrido no Estádio Campeón Del Siglo. O defensor colombiano lamentou a confusão, mas disse que a equipe se uniria para 'brigar' de novo.

"Nunca tinha vivido isso. Viemos aqui para vencer. A gente já imaginava que isso aconteceria. Brigamos e se tiver que brigar, brigaremos. Se sair brigando, a gente está unido", declarou o zagueiro.

"Quando o time do Uruguai perde, não sabe perder. Já vimos isso em muitas ocasiões, entendo a raiva, mas isso é jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos