Com um gol por jogo, Barrios desencanta e ganha força por vaga no Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Barrios comemora um dos três gols pelo Grêmio contra o Guarani-PAR

    Barrios comemora um dos três gols pelo Grêmio contra o Guarani-PAR

Lucas Barrios tem, em números absolutos, 12 jogos pelo Grêmio. Mas a soma de minutos em campo reduz o número para 5,4. Com média de um gol marcado a cada 82 minutos em campo, o paraguaio ganha força para assumir de vez a titularidade no Tricolor. Clique aqui e veja os gols da partida. 

Na última quinta-feira, ele marcou três gols na vitória do Grêmio sobre o Guarani-PAR por 4 a 1 e deixou o time a um ponto de garantir matematicamente a vaga na próxima fase da Libertadores. E só fez crescer a estatística positiva.

Foram, ao todo, 490 minutos jogados entre os quatro jogos que começou como titular e os outros oito que saiu do banco de reservas. E seis gols marcados. Ou seja, a cada 82 minutos em que esteve atuando, Barrios balançou a rede adversária.

"É um cara que vem trabalhando, está muito junto com o grupo, chegou e entendeu o espírito do grupo e do Grêmio. Vinha trabalhando, buscando o espaço dele, e foi coroado com os gols", elogiou o volante Ramiro.

Não está sendo fácil ganhar espaço no time. Principal contratação do Grêmio para a temporada, Barrios chegou em um time encaixado e ainda não é titular absoluto. Talvez depois da atuação de gala diante do Guarani-PAR conquiste mais espaço. Até porque Bolaños deixou o campo lesionado e poderá ficar um bom tempo afastado.

"A gente sempre trabalha para ter opções de gol. Ninguém gosta de errar. Outro dia tive chances e não consegui fazer. Segui trabalhando. Fiz contra o Novo Hamburgo, e logicamente quando o atacante faz, pega confiança. Hoje foi totalmente diferente", comemorou o gringo.

Pressionado para sempre marcar, contratado com status de 'fazedor de gols' que a direção gremista tanto queria, ele garante que está pronto para toda responsabilidade que se avizinha.

"A cobrança para atacante sempre tem. Não só aqui, mas por onde joguei foi assim. Às vezes as coisas acontecem, outras não. Não é porque faço gols que sou o melhor, ou quando não faço o pior. Eu prometo sempre trabalho e as cosias acontecem naturalmente. Por isso é que sempre falo que: não é porque não se faz um gol no jogo e a critica vem que tem que se abalar. Tem é que ser forte mentalmente e aproveitar as chances", finalizou.

Graças aos gols de Barrios na vitória desta quinta, o Grêmio soma 10 pontos no grupo 8 da Libertadores e com um ponto nos dois próximos jogos estará garantido nas oitavas de final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos