Grêmio joga no Chile de olho em Palmeiras e River por novo objetivo

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • ROBERTO VINÍCIUS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Grêmio, de Luan (foto), tem 10 pontos e mira ter melhor campanha da fase de grupos

    Grêmio, de Luan (foto), tem 10 pontos e mira ter melhor campanha da fase de grupos

O Grêmio enfrenta o Deportes Iquique-CHI, nesta quarta-feira (3), de olho em um novo objetivo. Com dez pontos e sem maratona de jogos por estar fora da final do Gauchão, o Tricolor foca suas atenções em ser campeão do grupo 8 da Libertadores e ter a melhor campanha entre todos os times na atual fase. Para isso, precisa vencer e ficar de olho em Palmeiras, Godoy Cruz-ARG e River Plate.

A partida, no meio do deserto do Atacama, pode valer classificação matemática às oitavas de final. E manter o Grêmio no páreo pela melhor campanha da fase de grupos.

"[O objetivo principal] é tratar de classificar em primeiro do grupo. Depois vamos ver o que acontece pela frente, com os rivais possíveis. O importante é ter dez pontos, estar bem em cima e atrás de outra vitória", disse Lucas Barrios.

O Palmeiras, líder do grupo 5, e Godoy Cruz-ARG, primeiro lugar na chave 6, também acumulam dez pontos e surgem como rivais do Grêmio em seu plano de ter a melhor campanha. River Plate, com nove pontos e na liderança do grupo 3, vem logo atrás.

Mesmo que a fórmula de disputa da Libertadores tenha mudado, deixando o cruzamento por desempenho de lado para adotar sorteio na definição dos duelos a partir das oitavas de final, o Tricolor acredita que ter a melhor campanha ainda é de suma importância. No mata-mata, a campanha na primeira fase decide quem manda a segunda partida em casa. E correr atrás disso passou a ser uma forma para manter a concentração e foco do elenco.

Eliminado na semifinal do Campeonato Gaúcho, o Grêmio vive dias sem acúmulo de jogos. Depois de atuar no Chile, por exemplo, o time só voltar a entrar em campo em 14 de maio, contra o Botafogo, pela primeira rodada do Brasileirão.

Deserto e altitude preocupam

O desafio do Grêmio em Antofagasta vai além do jogo. A partida foi marcada para o deserto do Atacama pelas restrições ao estádio do Iquique, na cidade homônima. Com isso, o Tricolor terá de encarar 2.260 metros de altitude e clima seco.

"Eu estou sentindo pouco, o clima é meio seco e tem uma dificuldade para respirar. Mas temos de estar preparados, precisamos passar por cima disso", comentou Michel.

Os goleiros do Grêmio deverão receber orientações especiais para atuação na altitude. Mesmo que o ar rarefeito não seja nos padrões encontrados em Bolívia, Equador e Colômbia, a trajetória da bola sofrerá alteração.

FICHA TÉCNICA
DEPORTES IQUIQUE-CHI X GRÊMIO

Data e horário: 03/05/2017 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: estádio Zorros Del Desierto, em Calama (CHI)
Árbitro: German Delfino (ARG)
Auxiliares: por Diego Bonfa e Ariel Scime (ambos argentinos)

DEPORTES IQUIQUE-CHI: B. Cortés , A. Moreno, E. Guerrero, Rafael Caroca e Zenteno; M. Riquero, E. Farías, D. Torres e Bustamante; Ramos e Bielkiewicz
Técnico: Jaime Vera

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Michel; Arthur (Fernandinho), Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos