Com estrela de Autuori, Atlético-PR vira no Chile e vai às oitavas de final

Do UOL, em São Paulo

  • Ivan Alvarado/Reuters

    Eduardo da Silva e Douglas Coutinho entraram e marcaram para o Atlético-PR

    Eduardo da Silva e Douglas Coutinho entraram e marcaram para o Atlético-PR

O Atlético-PR saiu perdendo da Universidad Católica nesta quarta-feira (17), mas contou com a estrela do técnico Paulo Autuori para buscar a virada por 3 a 2 e se classificar às oitavas de final da Copa Libertadores. Os três jogadores colocados por ele no segundo tempo – Eduardo da Silva, Douglas Coutinho e Carlos Alberto –, fizeram os gols do Furacão. Clique aqui e veja os gols da partida.

Os resultados deixaram o Atlético-PR na segunda posição do Grupo 4, com 10 pontos. O San Lorenzo, que venceu o Flamengo na Argentina, passou em primeiro, também com 10 pontos, mas com melhor saldo de gols (0 a -1). Já o Fla (nove pontos) e a Católica (cinco) foram eliminados.

Católica abre o placar com "El Tanque"

Elvis González/EFE

A partida no Chile foi equilibrada. A Católica tinha mais pose de bola, mas o Atlético assustava em alguns ataques, principalmente com bolas aéreas. Em uma das melhores chances, Pablo ajeitou e Sidcley chutou forte, mas a bola desviou na zaga chilena. E aos 35 do primeiro tempo, a defesa do Atlético vacilou e permitiu que Santiago Silva dominasse na entrada da área. O centroavante argentino bateu de perna esquerda no canto, sem defesa para Weverton, e abriu o placar.

Autuori faz substituições iluminadas

Ivan Alvarado/Reuters

Na segunda etapa, após as três mexidas do técnico Paulo Autuori – Carlos Alberto, Douglas Coutinho e Eduardo da Silva substituíram Lucho González, Pablo e Grafite –, o Furacão chegou ao empate. E com participação direta dos atletas que entraram. Carlos Alberto se livrou de três adversários e cruzou na medida para Eduardo da Silva cabecear e balançar a rede.

A virada veio aos 37 do segundo tempo. Nikão tocou para Douglas Coutinho, que arrancou, escapou da marcação e finalizou bem. Mas a Católica reagiu imediatamente para empatar, com um chute forte de Noir.

Mas a trinca de substituições certeiras de Autuori se fechou aos 41. Carlos Alberto recebeu de Jonathan e acertou um belo chute colocado de fora da área para decretar a virada rubro-negra.

Expulsão e drama no final

Já nos acréscimos, o zagueiro Wanderson recebeu o cartão amarelo e logo em seguida o vermelho. O clima ficou tenso e o Atlético-PR, com um jogador a menos. No último lance da partida, a Católica teve uma falta para cobrar na boca da área. O time chileno tentou uma jogada ensaiada, mas a defesa da equipe paranaense afastou o perigo e garantiu a classificação para as oitavas de final.

FICHA TÉCNICA

Universidad Católica 2 x 3 Atlético-PR

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile)
Data: 17/05/2017
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai)

Gols: Santiago Silva, aos 35 minutos do 1º tempo; Eduardo da Silva, aos 31, Douglas Coutinho, aos 37, Noir, aos 39, e Carlos Alberto, aos 41 do 2º tempo
Cartões amarelos: Espinoza, Buonanotte e Santiago Silva (Católica); Wanderson, Paulo André e Nikão (Atlético-PR)

Universidad Católica: Toselli; Magnasco, Kuscevic, Maripán e Parot; Manzano (Gutiérrez), Espinoza, Fuenzalida (Cordero), Buonanotte e Noir; Santiago Silva. Técnico: Mario Salas

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio e Matheus Rossetto; Nikão, Lucho González (Carlos Alberto) e Pablo (Douglas Coutinho); Grafite (Eduardo da Silva). Técnico: Paulo Autuori

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos