Desembarque do Fla tem torcedor preso e xingamentos a Zé Ricardo

Vinícius Castro

Do UOL, no RIo de Janeiro

O torcedor do Flamengo presente ao desembarque da equipe após a eliminação na Copa Libertadores escolheu o seu vilão: Zé Ricardo. O técnico foi amplamente hostilizado por cerca de 20 rubro-negros no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Antes da chegada da delegação, um homem bastante alterado foi detido pela Guarda Municipal por desacato. Ele também ameaçava agredir os atletas.

Os jogadores deixaram o local sem falar com a imprensa, que por conta de uma espécie de curral improvisado pela Polícia Militar e seguranças particulares, ficou aglomerada.

No saguão, o presidente Eduardo Bandeira de Mello, também muito criticado, se pronunciou e novamente garantiu que mudanças radicais não acontecerão.

"O trabalho continua, temos consciência de que tudo está sendo bem feito e o resultado vai acontecer. O critério será avaliado pela comissão técnica e vamos tirar os ensinamentos para melhorar. Ser eliminado é sempre muito ruim. Precisávamos empatar e não conseguimos".

Vinícius Castro / UOL Esporte
Torcedor de costas e boné preto é preso pela guarda em desembarque do Flamengo

O Flamengo foi eliminado na primeira fase da Copa Libertadores após perder por 2 a 1 para o San Lorenzo, na Argentina, e o Atlético-PR vencer a Universidad Católica por 3 a 2, no Chile. 

Antes da rodada, o Rubro-Negro precisava apenas de um empate e poderia até perder caso o Furacão não vencesse os chilenos. O gol do San Lorenzo foi marcado aos 46 minutos do segundo tempo. Um duro golpe no projeto esportivo do Flamengo, que segue sem conquistar títulos de expressão na atual gestão.

JOGADORES DO FLAMENGO CHEGAM EM SILÊNCIO AO RIO DE JANEIRO

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos