Thiago Santos 'entrega' Cuca e se escala para duelo contra o Tucumán

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Thiago Santos e Tchê Tchê atuarão juntos na quarta-feira

    Thiago Santos e Tchê Tchê atuarão juntos na quarta-feira

Os mistérios de Cuca sobre escalação, comuns no Palmeiras, diminuíram na decisiva semana do confronto diante do Atlético Tucumán-ARG. Além do treino aberto desta segunda-feira, o volante Thiago Santos 'entregou' que atuará nesta quarta-feira, no Allianz Parque, como substituto de Felipe Melo – o 'Ousado' recebeu suspensão pesada de seis jogos da Conmebol.

"Antes do jogo [Chapecoense], ele [Cuca] chamou eu e o Tchê Tchê e falou para a gente ir entrosando, porque na Libertadores iríamos jogar juntos", destacou o volante, em entrevista concedida depois da atividade.

Thiago Santos ganhará a chance graças à suspensão imposta pela Conmebol a Felipe Melo. O camisa 30 desfalcará o Palmeiras por seis jogos na Libertadores em virtude da confusão com jogadores do Peñarol, na vitória da equipe por 3 a 2 no Uruguai, em duelo pela quarta rodada.

O Palmeiras entrará com um recurso assim que receber os fundamentos da decisão final, tomada há quase duas semanas. O sentimento de injustiça, manifestado pelo clube em nota oficial, atingiu também o elenco.

"As imagens valem mais do que as nossas palavras. Todo mundo viu o que aconteceu no Uruguai? Vai falar o quê? Todo mundo sabe que foi uma grande injustiça, tanto em relação ao Felipe como em relação a nossa torcida fora de casa. Vamos deixar para a diretoria e pensar só no jogo", analisou.

Além de Thiago Santos, Cuca trabalhava sob a possibilidade de deslocar Jean para o setor de meio-campo e promover a entrada de Fabiano na lateral direita. O camisa 2, no entanto, participou da atividade desta segunda-feira na ala.

O atual campeão brasileiro avança às oitavas de final da Copa Libertadores até em caso de derrota - um gol de desvantagem é o suficiente, desde que o Jorge Wilstermann vença o Peñarol, no Uruguai.

O Palmeiras lidera o Grupo 5 com 10 pontos em cinco jogos e depende só de si, algo contrário ao encontrado por Thiago Santos na temporada passada, quando a equipe dependia de outro resultado para avançar. A situação favorável agrada ao volante.

"Pior coisa no futebol é depender dos outros. A gente depende só da gente e tem que fazer nossa parte. Não podemos entrar e pensar em empate, só na vitória", encerrou o Thiago Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos