Advogado diz que Chape não está eliminada e critica sistema da Conmebol

Do UOL, em São Paulo

  • Armando Paiva/Divulgação

    Mário Bittencourt, advogado da Chapecoense

    Mário Bittencourt, advogado da Chapecoense

O advogado Mário Bittencourt, que defende a Chapecoense no caso em que a equipe catarinense foi punida por escalação de jogador irregular na Libertadores, afirmou que o time ainda não está eliminado. Em entrevista ao canal SporTV, ele disse que isso só pode ser afirmado após o julgamento do recurso, ainda sem data para acontecer.

"A gente ainda não pode considerar a Chapecoense eliminada da competição. Eu consideraria com um asterisco, no momento a vitória é do Lanús", disse Bittencourt, referindo-se à vitória da Chape que foi transformada em derrota por 3 a 0 para o time argentino por causa da escalação do zagueiro Luiz Otávio.

Para Bittencourt, que defendeu o Fluminense no caso que culminou com o rebaixamento da Portuguesa no Brasileirão de 2013, o sistema usado pela Conmebol para notificar os departamentos jurídicos dos clubes é "falho". Ele defende que a confederação induziu a Chape ao erro por causa de problemas de comunicação.

"A gente vai manter a linha de defesa, que é o fato de ter havido uma insegurança jurídica, uma indução ao erro da Chapecoense. Houve uma série de e-mails desconexos para pessoas diferentes. No caso específico, tínhamos um advogado, o Marcelo, cuidando desse caso. No dia 10, ele consultou a Conmebol sobre a suspensão automática. Mas a data do julgamento e o resultado não foram informados a ele via e-mail. A gente entende que o sistema é falho, diferente do Brasil, onde o advogado comparece e é intimado pessoalmente da decisão. A Conmebol sequer publica o resultado em seu site oficial", argumentou.

Luiz Otávio foi expulso em jogo contra o Nacional pela Libertadores, e cumpriu a suspensão automática no jogo contra o Atlético Nacional pela Recopa Sul-Americana. Porém, minutos antes do jogo contra o Lanús, a Chape foi informada pela Conmebol que o zagueiro havia sido punido com três jogos de suspensão. Mesmo assim, bancou a escalação do atleta.

Com a perda dos pontos diante do Lanús, a Chapecoense, por enquanto, está sem chances de se classificar às oitavas da Libertadores, podendo chegar no máximo à terceira posição do Grupo 7, o que daria vaga na Copa Sul-Americana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos