Tchê Tchê e Prass dividem méritos de classificação com Eduardo Baptista

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Eduardo Baptista conquistou 10 dos 13 pontos que colocaram o Palmeiras na liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores da América. A participação do antigo treinador não foi esquecida; pelo contrário, nomes importantes como Fernando Prass e Tchê Tchê aproveitaram a classificação para relembrar o trabalho do antigo comandante.

Veja os gols de Palmeiras 3 x 1 Atlético Tucumán

"Como eu disse, falei que tinha aprendido muita coisa com ele. Pessoal só frisou que preferia jogar com Cuca. Tenho bastante carinho com ele, e o Eduardo tem muita importância nisso", afirmou Tchê Tchê, em zona mista ocorrida após a vitória por 3 a 1 sobre o Atlético Tucumán-ARG.

"Cuca só participou de um jogo, claro que cada um tem os seus méritos, e temos que também agradecer o Eduardo", destacou Tchê Tchê, que brincou sobre a possibilidade de reencontrar o antigo comandante, agora treinador do também classificado Atlético-PR.

"Aí vamos pensar só depois do sorteio (risos)", disse o camisa 8 palmeirense.

Assim como Tchê Tchê, Fernando Prass também tratou de destacar os pontos nos quais Eduardo Baptista colaborou para a vaga com 13 pontos em seis jogos.

"Eduardo montou a base do time e ele que deixou a gente nesta situação confortável de até perder aqui e passar de fase. Foi uma decisão da diretoria de trocar o comando, mas obvio que o treinador tem uma responsabilidade até porque dirigiu em cinco jogos de seis e não dá para se deixar de lado", declarou o goleiro.

O Palmeiras aguardará a rodada desta quinta-feira para saber qual posição ocupará entre os primeiros colocados; o adversário sairá dentre os segundos classificados nas chaves. O sorteio será realizado no próximo dia 14 de junho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos