Palmeiras se defende e aguarda decisão por segunda vitória na Conmebol

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • REUTERS/Andres Stapff

    Palmeiras tenta reduzir ou até extinguir a punição aos seus torcedores

    Palmeiras tenta reduzir ou até extinguir a punição aos seus torcedores

O Palmeiras aguarda sob grande expectativa a definição da Conmebol sobre a punição aos torcedores, vetados de comparecerem aos próximos três jogos como visitante pelo confronto com fãs do Peñarol no mês de abril. O clube se defendeu em audiência na última segunda-feira e aguarda o julgamento do recurso para os próximos dias.

O clube aguardava uma definição até nesta terça-feira. No entanto, pessoas ligadas à Conmebol ouvidas pela reportagem do UOL Esporte, creem que o tribunal da entidade sul-americano definirá a punição ao Palmeiras somente a partir desta quarta-feira.

Uma redução da pena já será encarada como uma nova vitória pela diretoria do clube alviverde. Caso a decisão seja positiva e os torcedores liberados, o departamento jurídico do clube derrubará pela segunda vez uma decisão da entidade responsável por gerir o futebol da América do Sul.

O primeiro triunfo veio com Felipe Melo. O volante, protagonista de uma grande confusão na mesma partida com jogadores do Peñarol – acabou perseguido e reagiu com um soco no jogador Mier -, acabara punido por seis jogos e retornaria ao time de Cuca somente nas semifinais.

No entanto, após recurso apresentado, no qual exibiu vídeos e procurou comprovar como o camisa 30 fora acuado pelos adversários e agira de forma reativa, o Palmeiras reduziu o castigo para apenas três confrontos – dos quais Felipe Melo cumpriu dois.

O meio-campista deve retornar ao time no jogo de volta contra o Barcelona-EQU, marcado para o início de agosto. O 'Ousado' se recupera de duas lesões (cirurgia na mão esquerda e musculo posterior da coxa direita) e tem o prazo para o retorno estimado em um mês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos