Botafogo 'ganha' 35 dias para reforçar ataque na Libertadores

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Ronny Santos/Folhapress

    Botafogo ganhou mais tempo para negociar e Luciano voltou à pauta da diretoria

    Botafogo ganhou mais tempo para negociar e Luciano voltou à pauta da diretoria

O Botafogo iniciou contagem regressiva para reforçar o grupo que disputa a Libertadores. A partir desta quarta-feira, a diretoria teria sete dias para contratar e inscrever os novos atletas na competição internacional. O regulamento, porém, mudou e os clubes passaram a poder se reforçar até 48h antes da segunda partida das oitavas de final - dia 10 de agosto.

A maior carência do Botafogo é o ataque. E a diretoria sabe disso, tanto que negocia com dois centroavantes. Um deles já é conhecido dos torcedores. Trata-se de Luciano, ex-Corinthians e que estava no Leganés-ESP. O segundo é um jovem jogador do mercado sul-americano, cujo o nome é mantido em segredo pela cúpula do futebol.

O quadro atual, não é dos mais otimistas. Apesar das negociações não estarem mais na fase inicial, o curto prazo para a inscrição na Libertadores poderia atrapalhar os planos da diretoria. Luciano, por exemplo, só viria para o Botafogo se chegar a tempo de ser inscrito para disputa da competição internacional. Se perder o prazo, será descartado. Como ele aumentou, o atacante voltou a ganhar força.

O mesmo ocorre com o centroavante sul-americano. O jogador é jovem e visto com muito bons olhos pelo Botafogo. Não só pelo que pode entregar em campo, mas também pelo o que pode render em negociações futuras. Sendo assim, mesmo que não chegue para a Libertadores, o atleta não será descartado.

O Botafogo tem direito a realizar seis trocas entre os jogadores inscritos na Libertadores. Sassá (no Cruzeiro), Canales (de volta ao Unión Española-CHI), Joel (Avaí), Diego (4º goleiro), Jonas (lesionado) e Marcinho (lesionado), darão lugar a Jefferson, Arnaldo, Luis Ricardo e Marcos Vinícius. E sobram justamente as duas vagas para os centroavantes que estão negociando.

Caso não consiga nenhum reforço, o Alvinegro utilizará essas duas vagas com jogadores da base e Vinicius Tanque e Renan Gorne podem ter a oportunidade, já que dos inscritos apenas Roger ainda está no Botafogo. O camisa 9, inclusive, tem reclamado de cansaço pela sequência de jogos como titular.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos