Desempenho no clássico faz zagueiro do Atlético-MG entrar na Libertadores

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Logo aos três minutos do clássico com o Cruzeiro o zagueiro Leonardo Silva pediu para ser substituído. O jovem Bremer, de apenas 20 anos, foi o escolhido pelo técnico Roger Machado para entrar no lugar do capitão do Atlético-MG. Logo no primeiro lance com o jovem defensor em campo, o Cruzeiro marcou o primeiro gol da tarde.

Mas não é pelo gol de Thiago Neves que a atuação de Bremer vai ficar marcada no clássico. É pela segurança que ele conseguiu passar para os demais companheiros, ao lado do também jovem Gabriel, de 22 anos. Os dois jovens zagueiros do Atlético conseguiram anular os experientes atacantes do Cruzeiro. No fim, o Galo bateu o maior rival por 3 a 1, sem tomar grandes sustos após os minutos iniciais da partida.

Se Gabriel já é um titular consolidado de Roger Machado, Bremer ainda busca espaço entre os profissionais. O clássico desse domingo foi apenas a segunda partida dele como profissional. A primeira, uma semana antes, também foi em situação semelhante. Contra a Chapecoense o Atlético usou um time alternativo. Rodrigão começou como titular, mas logo aos quatro minutos deve de ser substituído. Bremer entrou e foi muito bem, assim como Matheus Mancini, que na ocasião ganhou mais destaque por ter do outro lado o técnico Vagner Mancini, que é seu pai.

Passado o clássico, o técnico Roger Machado confirmou que Brermer vai pegar uma das seis alterações que o Atlético tem direito a fazer na lista de inscritos na Copa Libertadores.

"O Bremer não é uma surpresa para mim. Uma das vantagens de o clube ter toda a sua estrutura junta, de ter suas categorias inferiores no mesmo espaço, permite observar de muito perto os jogadores. A relação com o Ricardo (Resende, técnico do time sub-20) nos faz ficar muito atento com o que acontece. O Bremer, desde o primeiro treino comigo, já tinha mostrado qualidade. Então não tive receio, sabia que me daria essa resposta. Essa vaga é do Bremer, sem dúvida", confirmou Roger Machado.

Como fazia parte do time sub-20 até poucos dias atrás, inclusive era titular da equipe que foi campeão da Copa do Brasil da categoria, em 16 de junho, Bremer sequer aparece no press kit distribuídos pela assessoria de imprensa do Atlético antes de cada partida. E com apenas dois jogos como profissional, nenhum como titular, o jovem zagueiro deve começar o jogo contra o Jorge Wilstermann.

Para o duelo desta quarta-feira, às 21h45, em Cochabamba, na Bolívia, o técnico Roger Machado tem poucos zagueiros à disposição. Entre os seis atletas da posição que foram inscritos para a fase de grupos, três estão no departamento médico, casos de Leonardo Silva, Felipe Santana e Rodrigão.

Gabriel é o único que tem atuado com regularidade na temporada entre as opções restantes. Erazo e Jesiel jogaram três e quatro partidas em 2017, respectivamente.

Roger esconde as demais mudanças na lista

Pela nova determinação da Conmebol, cada clube classificado às oitavas de final da Libertadores pode fazer até seis alterações na lista de 30 inscritos para a fase de grupos. Mudanças podem acontecer até 48 horas antes do jogo da volta, marcado apenas para a primeira semana de agosto.

Por esse motivo, o técnico Roger Machado optou por não revelar as demais alterações que o Atlético vai fazer nesta segunda-feira, prazo final para regularizar quem ainda não tem condição de jogo para o duelo com o Jorge Wilstermann. Com Bremer já confirmado, as opções do treinador do Atlético são o lateral direito Alex Silva, o volante Roger Bernardo e os meias Valdívia e Marlone.

Esses são os jogadores contratados pelo clube após o início da Libertadores. Outra possibilidade de Roger Machado é não inscrever todos os atletas que chegaram à Cidade do Galo após fevereiro. Caso seja a opção do técnico, o clube ainda teria espaço para contratar reforços para a sequência do torneio continental. Inclusive o Atlético já se acertou com Gustavo Blanco, que vai ser confirmado como reforço do clube nesta semana.

Alguns jogadores vão ser cortados

Como os clubes que disputam a Libertadores precisam fazer trocas na lista de 30 inscritos, alguns jogadores que seguem na Cidade do Galo vão ser cortados por Roger Machado. Das seis alterações que o Atlético pode fazer, três já estão definidas. Os meias Carlos Eduardo e Maicosuel, além do atacante Clayton, já que deixaram o clube.

Considerando os que menos jogaram com Roger Machado em 2017, os três novos inscritos, seja nesta segunda-feira ou no começo de agosto, podem entrar nas vagas de alguns atletas com pouco espaço no Atlético. O lateral direito Carlos César, os zagueiros Erazo, Jesiel e Rodrigão, o volante Ralph e o meia Thalis são os que correm maior risco de corte da Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos