Bruno Henrique agrada e pode deslocar Tchê Tchê para nova função

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Bruno Henrique agradou e pode começar como titular o jogo em Guayaquil

    Bruno Henrique agradou e pode começar como titular o jogo em Guayaquil

Apresentação há duas semanas. Estreia há três dias. Bruno Henrique, em pouco tempo, conquistou espaço dentro do elenco do Palmeiras, principalmente pela lacuna deixada pelas lesões de Felipe Melo e Jean, opções para o meio-campo de Cuca. A presença do jogador nesta quarta-feira, data da partida contra o Barcelona-EQU, pela Copa Libertadores, é tratada no clube como provável e pode gerar uma nova função para um remanescente do elenco do ano passado.

Fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro em 2016, Tchê Tchê é valorizado pela comissão técnica pela versatilidade. Na última segunda-feira, antes do embarque para o Equador, o meio-campista trabalhou como lateral esquerdo na atividade de finalizações.

Tchê Tchê treinou cruzamentos com a canhota, enquanto o auxiliar Alberto Valentim fez a mesma função pelo outro lado - mesmo com o "pé contrário", o atleta teve bom aproveitamento nas assistências para os finalizadores. Na atividade técnica, que antecipou a sessão de levantamentos para a área, o camisa 8 também se posicionou mais pelo lado contrário à perna mais forte.

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Tchê Tchê na lateral esquerda? Camisa 8 trabalhou cruzamentos com a canhota

O meio-campista trabalha com naturalidade na primeira linha defensiva, mas atuar pelo lado esquerdo soa como novidade. Na campanha do título do ano passado era comum Tchê Tchê cair para a ala direita, com Jean ocupando mais a faixa central. 

Neste ano mesmo, novamente com Cuca, o meio-campista recuou como uma opção para a lateral direita. Para o lado esquerdo, contudo, Tchê Tchê aparece como necessidade: a comissão técnica pensa em usar definitivamente Zé Roberto como meio-campista, e Egídio sequer viajou ao Equador.

Quem aparece como principal concorrente para este duelo é Juninho, zagueiro de origem, mas que também atua como lateral. No confronto diante da Ponte Preta, há duas semanas, o camisa 4, inscrito na última segunda-feira na Libertadores, atuou pelo lado, com Luan e Mina na zaga central.

A escalação de Tchê Tchê na lateral dependerá da opção por Bruno Henrique no time titular. O volante teve estreia elogiada pelo técnico Cuca, que, desde o anúncio da contratação, planejava utilizar o meio-campista no compromisso do próximo dia 5.

"Achei ótima a estreia do Bruno Henrique. Foi, inclusive, muito acima do que a gente esperava, por ele estar de férias. Ainda tem muito a evoluir, é natural, mas deixou muito contente pelo primeiro jogo", declarou Cuca no último sábado.

O treinador terá uma última atividade antes de definir a formação titular para a estreia no mata-mata da Copa Libertadores. O Palmeiras treina nesta terça-feira no Estádio Monumental, local da partida contra o Barcelona-EQU marcada para quarta, às 21h45 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos