Grêmio põe à prova 'efeito Renato' em mata-mata contra trauma das oitavas

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Grêmio de Renato Gaúcho é quase impecável em jogos mata-mata desde o ano passado

    Grêmio de Renato Gaúcho é quase impecável em jogos mata-mata desde o ano passado

O 'efeito Renato' em mata-mata vai ser colocado à prova nesta terça-feira (4), em Mendoza. Quase impecável em duelos eliminatórios desde a chegada do treinador, o Grêmio encara o Godoy Cruz-ARG para encerrar um trauma que perdura desde 2011. Nas últimas quatro edições da Copa Libertadores em que participou, o Tricolor caiu nas oitavas de final.

A última vez que o Grêmio passou das oitavas foi em 2009.

À época, o time era treinado por Paulo Autuori após longo período sob comando interino de Marcelo Rospide. E foi eliminado na semifinal pelo Cruzeiro.

Em 2011, com Renato Portaluppi na primeira passagem como treinador, o Grêmio caiu para a Universidad Católica. Na ocasião, Lucas Pratto, agora no São Paulo, foi o grande destaque do duelo. Em 2013, o time gaúcho perdeu para o Independiente Santa Fe-COL. No ano seguinte, foi eliminado pelo San Lorenzo. E em 2016, não foi capaz de superar o Rosario Central-ARG.

Neste ano, contudo, o Grêmio vive um momento bem diferente. Campeão da Copa do Brasil com atuações impecáveis, o clube atingiu maturidade e superou inclusive falhas crônicas apresentadas em confrontos eliminatórios recentes.

"Os campeonatos não são vinculados, um é diferente de outro. Vamos jogar uma nova oitava de final, o time está bem. Vamos para o jogo pensando em vencer. O Grêmio não administra resultado fora de casa. Vamos atrás de um bom resultado. Vamos ver se essa sina das oitavas permanece ou não", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

O retrospecto em mata-mata só não é perfeito por conta da eliminação no Gauchão. Nos pênaltis, o Tricolor perdeu para o Novo Hamburgo. Mas desde o retorno de Renato, o Grêmio ganhou confiança e acumula classificações. A lista envolve Atlético-PR, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG e, mais recentemente, o Fluminense.

A estratégia empregada pelo treinador busca sempre o foco na primeira partida e cria atmosfera de concentração e isolamento no elenco.

"Lá é jogo difícil. Truncado. Que eles vão querer ganhar no grito, com pressão da torcida. Mas o meu time e o grupo está pronto. É mais uma partida de 180 minutos. Vamos jogar primeiro lá e depois com a nossa torcida. Vamos tentar trazer para Porto Alegre menos dificuldades possíveis", comentou Renato ao falar do jogo em solo argentino.

FICHA TÉCNICA
GODOY CRUZ-ARG X GRÊMIO

Data e hora: 04/07/2017 (terça-feira), às 19h15min (horário de Brasília)
Local: estádio Mundialista, em Mendoza (ARG)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Auxiliares: Jonny Bossio (PER) e Coty Carrera (PER)

GODOY CRUZ-ARG: Rodrigo Rey; Luciano Abecasis, Leonel Galeano, Sebastián Olivares e Angileri; Ángel González, Fabián Henríquez, Gastón Giménez e Juan Garro; Javier Correa e Santiago García
Técnico: Lucas Bernardi

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e B. Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos