Palmeiras inicia mata-mata e coloca à prova planejamento e trabalho de Cuca

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Cuca terá teste de fogo contra o Barcelona nesta quarta-feira

    Cuca terá teste de fogo contra o Barcelona nesta quarta-feira

O Palmeiras começa a colocar à prova nesta quarta-feira, a partir das 21h45, todo o seu planejamento para 2017. Não é segredo para ninguém que a Libertadores é a obsessão, como diz a própria torcida, e passar da primeira fase era considerado obrigação no Palestra Itália. É por isso que o primeiro teste está marcado para Guayaquil, no Equador, contra o Barcelona. 

Apesar de todo o investimento e foco na competição, o elenco ainda não é o ideal para Cuca. Depois de investidas pesadas em Richarlison e Diego Souza, com negociações que terminaram frustradas, a equipe agora testa o poder de fogo de seus atacantes e põe em xeque o trabalho do treinador que já está na Academia de Futebol há quase dois meses reclamando sempre da mesma carência.

Diante da falta de negócio, o técnico terá duas opções: Willian ou Borja como referências. A tendência é que a primeira opção seja a vencedora, embora a evolução do colombiano seja notada e exaltada pela comissão técnica.

Cuca fala pouco da posição, mas também enfrenta dificuldades na lateral esquerda. É um mistério quem será o titular. O técnico já declarou que prefere escalar Zé Roberto no meio, não relacionou Egídio para a viagem e já fez testes com Tchê Tchê e Juninho para a posição. 

O Palmeiras ainda apresenta dúvidas na formação do seu meio-campo, mas a tendência é que Thiago Santos herde a vaga do machucado (e suspenso) Felipe Melo. Bruno Henrique teve sua estreia no sábado aprovada e foi inscrito, porém ainda não está em condições ideais para iniciar o jogo. 

Zanone Fraissat/ Folha Imagem
Diego Souza comemora com Pierre e Armero (esq.) o gol do Palmeiras diante da LDU em 2009

Último jogo com equatorianos teve golaço de Diego Souza

O Palmeiras enfrentou uma equipe equatoriana pela última vez em 2009, pela Libertadores daquele ano. Curiosamente, o jogo terminou em 2 a 0 para os brasileiros, em cima da LDU, e teve um golaço sabe de quem? Diego Souza.

A negociação não deu certo, mas caso tivesse desembarcado no Palestra Itália, ele teria a chance de voltar a ajudar o Palmeiras contra equatorianos. 

FICHA TÉCNICA
BARCELONA-EQU x PALMEIRAS

Local: Estádio Monumental, em Guayaquil (Equador)
Data: 5 de julho de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa e Gustavo Rossi (ambos da Argentina)

BARCELONA-EQU: Máximo Banguera; Pedro Velasco, Darío Aimar, Xavier Arreaga e Mario Pineida; Ely Esterilla; Oswaldo Minda, Matías Oyola, Damían Diáz e José Ayoví; Jonatan Álvez.
Técnico: Guillermo Almada.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Edu Dracena e Juninho (Tchê Tchê); Thiago Santos, Tchê Tchê (Bruno Henrique) e Alejandro Guerra; Róger Guedes, Willian e Dudu.
Técnico: Cuca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos