Torcida protesta, mas Baptista vê vitória 'possível' na Vila Belmiro

Do UOL, em São Paulo

  • Heuler Andrey/AFP Photo

    Jogando na Vila Capanema, Atlético-PR perdeu por 3 a 2

    Jogando na Vila Capanema, Atlético-PR perdeu por 3 a 2

O Atlético-PR deixou o gramado da Vila Capanema nesta quarta-feira com uma missão complicada: derrotado pelo Santos por 3 a 2, em jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores 2017, precisa vencer o time paulista por dois gols de diferença na partida de volta, marcada para 10 de agosto. A partida acontece na Vila Belmiro.

Veja os gols de Atlético-PR 2 x 3 Santos

Durante a partida, a torcida rubro-negra protestou contra a equipe – parte do público deixou o estádio antes mesmo do fim do jogo. O técnico Eduardo Baptista foi vaiado e teve sua saída pedida.

Apesar da pressão, Baptista mostra otimismo. Para o treinador, o Atlético-PR tem condições de reverter a derrota jogando fora de casa e buscar a classificação para as quartas de final.

"No futebol, temos exemplos. Não vejo (tão) difícil tirar lá. Temos que ir lá buscar", disse Baptista, que agradeceu pelo incentivo do "torcedor que apoiou". "É possível (reverter). No futebol já vimos de tudo. Um placar de 2 a 0 na Vila não é nenhum exagero", acrescentou.

O treinador ainda elogiou seus jogadores pela atuação no segundo tempo. No fim da partida, já com as três substituições feitas, o meia Carlos Alberto – que havia saído do banco de reservas – sentiu uma lesão, mas não pôde ser sacado.

"A equipe brigou, a equipe lutou. No segundo tempo, ficamos com um a menos – o Carlos Alberto, logo depois da entrada do Grafite, sente uma lesão muscular e a gente perde um jogador. Mesmo assim, a gente conseguiu jogar, teve posse. Não vejo desequílibrio, vejo situações. O Santos foi feliz, finalizou em gol e fez o gol", disse Baptista.

"A equipe nãoo deixou de brigar, jogou quase 20 minutos do segundo tempo com um jogador a menos. Conseguimos reduzir os contra-ataques da equipe do Santos", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos