Botafogo apronta sobre Nacional e vence fora outro campeão da Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Miguel Rojo/AFP

    João Paulo e Rodrigo Pimpão comemoram gol do Botafogo contra o Nacional na Libertadores

    João Paulo e Rodrigo Pimpão comemoram gol do Botafogo contra o Nacional na Libertadores

"Degolador" de campeões da Libertadores, o Botafogo voltou a fazer jus ao apelido e aprontou mais uma vez. Na noite desta quinta-feira, no estádio Grand Parque Central, em Montevidéu (URU), a equipe venceu o Nacional, tricampeão da competição, por 1 a 0, no jogo de ida das oitavas de final com gol do meia João Paulo.

Assista ao gol do jogo 

Nesta edição, o Alvinegro já deixou para trás os campeões Colo-Colo (CHI), Olímpia (PAR) e Atlético Nacional (COL). Dos seis duelos como visitante, marcou em quatro – cinco gols no total.

A partida de volta acontecerá dia 10 de agosto, às 19h15, no estádio Nilton Santos e poderá atuar pelo empate para garantir a classificação.

O melhor - Joel Carli

O zagueiro argentino foi soberano nas bolas aéreas e nas antecipações e acabou sendo fundamental para segurar a pressão do Nacional, principalmente no segundo tempo.

Na trave!

Aos 14 do primeiro tempo, o Nacional cobrou falta na área, Silveira apareceu e chegou escorando de coxa. A bola atravessa a pequena área, Romero passou direto, a bola ficou em cima da linha, bateu na trave, Fernández chegou chutando e acertou a perna de Gatito. A bola voltou para o meio da pequena área e García cabeceou para fora. 

Por pouco!

A resposta do Botafogo veio num cruzamento de Pimpão da direita que Bruno Silva, por muito pouco, não escorou de cabeça quando estava livre na marca do pênalti!

Foi mão?

Aos 28 minutos, os jogadores do Nacional reclamaram de um toque de mão do lateral esquerdo Victor Luis, que levantou muito os braços para tirar um cruzamento.

Fim do jejum

O Botafogo vinha de três derrotas, sendo que nas três não havia marcado nenhum gol.

Invasão alvinegra

A torcida do Botafogo compareceu em bom número a Montevidéu. Ao todo, cerca de 1.500 alvinegros estiveram na capital uruguaia e fizeram barulho. Eles se concentraram na Praça da Independência e, em oito ônibus, foram escoltados até o Parque Central. Veja a festa deles na porta do hotel da equipe antes da saída da delegação:

Foguetório na noite anterior

Artimanha recorrente em se tratando de Libertadores, um foguetório durante a madrugada anterior foi ouvido nos arredores do hotel onde o Botafogo estava hospedado. O atacante Rodrigo Pimpão registrou o momento e postou em sua rede social: "Libertadores é assim".

Novidades entre os inscritos

Para as oitavas de final da Libertadores, o Botafogo tem três novidades em relação à fase de grupos. Jefferson, Arnaldo e Marcos Vinícius foram inscritos e viajaram para o Uruguai com o grupo.

NACIONAL-URU 0 X 1 BOTAFOGO

Data e hora: 06/07/2017, quinta-feira, 21h45 (horário de Brasília)
Local: Estádio Parque Central, em Montevidéu (Uruguai)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Cartões amarelos: Polenta, Fucile (NAC); João Paulo, Bruno Silva (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols:
João Paulo, aos 37 minutos do primeiro tempo (BOT)

Nacional-URU
Conde; Fucile (Ramirez), Rafael Garcia, Diego Polenta e Alfonso Espino; Romero, González, Carballo e Viúdez (Ligüera); Hugo Silveira (Diego Coelho) e Fernández
Técnico: Martín Lasarte

Botafogo
Gatito Fernandez; Arnaldo, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo (Camilo); Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcos Vinícius)
Técnico: Jair Ventura
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos