Em 130 minutos volante garante a última vaga do Atlético-MG na Libertadores

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Gustavo Blanco vai ser inscrito pelo Atlético-MG na Copa Libertadores

    Gustavo Blanco vai ser inscrito pelo Atlético-MG na Copa Libertadores

Titular do Atlético-MG nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, diante de Coritiba e Corinthians, o volante Gustavo Blanco deve ficar fora do jogo com o Grêmio, neste domingo, às 16h, em Porto Alegre. Mas isso não é ruim, pelo contrário, é um sinal de que o jogador conquistou um lugar na equipe titular de Rogério Micale e, consequentemente, uma vaga na lista de inscritos na Copa Libertadores.

Como a Conmebol aumentou o limite para trocas e estendeu o prazo até dois dias antes do jogo da volta das oitavas de final do torneio, o Atlético pode ainda fazer mais uma troca. Para o primeiro jogo com o Jorge Wilstermann, disputado em Cochabamba, o Galo fez cinco alterações, então sob o comando do técnico Roger Machado.

O lateral-direito Alex Silva, o zagueiro Bremer, o volante Roger Bernardo e os meias Valdívia e Marlone foram os incluídos antes do duelo na Bolívia. Erazo, Carlos Eduardo, Maicosuel, Thalis e Clayton foram os atletas que deixaram a lista atleticana. Uma vaga ficou aberta, para ser preenchida antes do jogo da volta e vai ser ocupada por Gustavo Blanco.

"Tentei fazer minha parte. Se surgir essa oportunidade, é óbvio que vou tentar agarrar. Lógico que é um desejo meu jogar uma Libertadores pelo Atlético. Estou muito tranquilo", comentou o volante que tem apenas três jogos com a camisa alvinegra e já caiu nas graças da torcida.

"Fico feliz pela torcida me apoiar, mas sempre vejo mais pelo lado coletivo. Se o coletivo estiver bem, individualmente você acaba se destacando também. Contra o Corinthians o sentimento foi de tristeza. A torcida compareceu, tentamos dar alegria e não deu".

Das três partidas pelo Atlético, duas foram com Rogério Micale. A estreia, apenas seis minutos, foi no triunfo sobre o Atlético-GO, ainda com Roger Machado. Já com o novo técnico, Blanco foi titular duas vezes e nas duas partidas foi substituído aos 19 minutos do segundo tempo. Com Micale no comando, Gustavo Blanco atuou por 130 minutos, o suficiente para ficar com a última vaga do Atlético na lista da Libertadores.

Como o Galo perdeu por 1 a 0, na ida, em Cochabamba, na Bolívia, o time mineiro precisa vencer por dois gols de diferença para avançar de fase. Em caso de vitória por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. Qualquer outro resultado classifica o Jorge Wilstermann. A partida ser disputada dia 9, quarta-feira, às 21h45, no Mineirão.

Número diferente na Copa Libertadores

Nascido em outubro de 1994, Gustavo Blanco tem usado a camisa 94 nos jogos do Atlético no Brasileirão. Porém, na Copa Libertadores, o volante vai ter de usar outra camisa. Pelo regulamento da competição, os jogadores devem ser inscritos com a numeração de 1 até 30. Como o Atlético já tem uma lista na Conmebol, Gustavo Blanco vai herdar o número do que jogador que for retirado da relação.

Assim, Gustavo Blanco vai pegar a camisa 14, que era utilizada por Danilo. Após o primeiro jogo com o Jorge Wilstermann, na Bolívia, o lateral esquerdo foi emprestado para a Ponte Preta até maio de 2018 e não faz mais parte do elenco atleticano

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos