Luan adia definição sobre saída do Grêmio: "Amanhã eu decido"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rímoli/AGIF

    Luan, 24 anos, tem oferta do Spartak Moscou e deve deixar o Grêmio

    Luan, 24 anos, tem oferta do Spartak Moscou e deve deixar o Grêmio

Luan vai definir seu futuro na quinta-feira. Logo depois da vitória do Grêmio em cima do Godoy Cruz-ARG, que confirmou o Tricolor nas quartas de final da Libertadores, o meia-atacante confirmou que já foi notificado da oferta do Spartak Moscou (assista aos gols da partida).

O UOL Esporte já havia mostrado que a definição do negócio seria após a partida contra os argentinos.

O Grêmio se acertou com o Spartak e aguarda o aceite de Luan. Além de negociar forma de pagamento e ressarcimento aos investidores.

"Isso eu vou decidir ainda. Meu pensamento está no Grêmio ainda. Vi o pessoal nas redes sociais pedindo para eu ficar, mas nem sabia disso. Sei da proposta (do Spartak), mas isso a gente tem que decidir. Amanhã eu falo com mais calma e dou a resposta", disse Luan ao Sportv, na saída de campo.

O Spartak apresentou a primeira proposta, o Grêmio enviou uma contra-oferta e depois disse que houve acordo. A saída passou a ser vinculada com ajuste de 'detalhes'. Um dos detalhes é o aval de Luan para um contrato de quatro anos.

A outra parte que ainda impede a confirmação da transferência é sobre o ressarcimento a investidores que detém 30% dos direitos econômicos de Luan.

Essa fatia é dividida igualmente entre Jair Peixoto, empresário de Luan, Celso Rigo, torcedor e parceiro do Tricolor em outros negócios antes da nova regra da Fifa que proíbe terceiros no futebol, e a empresa K2 Soccer.

Contra o Godoy Cruz, Luan não foi apenas titular. Foi um dos melhores em campo. Com boa atuação, participação na jogada de ambos os gols e uma bola que parou no pé da trave.

Aos 24 anos, Luan tem contrato com o Grêmio até setembro do ano que vem. Por isso, e pelas boas atuações no ano, a saída na atual janela de transferências é inevitável. Antes do Spartak Moscou, a Sampdoria apresentou duas propostas oficiais e ambas foram rechaçadas. A ideia do Tricolor é lucrar pelo menso R$ 60 milhões (16 milhões de euros na cotação atual) pelos seus 70% dos direitos econômicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos