Santos testa força sem Lucas Lima, destaque do time e da Libertadores

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Rodrigo Buendia/AFP

    Meia sofreu lesão de grau na coxa no jogo de ida contra o Barcelona, em Guayaquil

    Meia sofreu lesão de grau na coxa no jogo de ida contra o Barcelona, em Guayaquil

O Santos testa a sua força sem o meia Lucas Lima na decisão contra o Barcelona-EQU, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, válida pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores da América. Desde 2015, o camisa 10 é o principal protagonista das conquistadas do alvinegro praiano. Como o time vai lidar com a ausência do meia é a grande preocupação de dirigentes, profissionais, conselheiros e torcedores da equipe santista.

Os números aumentam o temor do Santos em jogar uma decisão sem o seu "maestro". Lucas Lima é um dos principais destaques da Libertadores. Segundo informações do Footstats, o camisa 10 é o maior garçom da competição continental, com seis assistências a gol.

Lucas Lima também é o mais caçado da Libertadores, com 34 faltas recebidas. Vale ressaltar que o Barcelona é o time que mais chama a atenção na competição por infrações cometidas. O camisa 10 também é o melhor jogador em cruzamentos – foram 16 no total.

Nesta temporada, o Santos demonstra que enfrenta sérias dificuldades sem Lucas Lima em campo. Foram 15 jogos: apenas oito vitórias, dois empates e cinco derrotas, 57,7% de aproveitamento. Com Lucas Lima em campo, o Santos disputou 36 jogos e venceu 19. Foram 11 empates e seis derrotas, 62,9% de aproveitamento. 

A solução para a ausência de Lucas Lima é um mistério no Santos. Além dos treinos fechados, o treinador proibiu a assessoria de imprensa do clube de divulgar os relacionados para o confronto contra o Barcelona.

O argentino Vecchio é a principal aposta dos santistas para suprir a ausência de sua estrela. O argentino foi testado contra o Botafogo no último sábado, após quase dois meses fora por conta de uma grave lesão muscular. O meia tentou fazer a função do camisa 10 ao buscar a bola na defesa e iniciar a ligação entre defesa e ataque. Vecchio, no entanto, não tem a mesma dinâmica de Lucas Lima.

"Foram quase dois meses de trabalho, com uma lesão delicada. O trabalho do Rosan [fisioterapeuta do Santos] foi muito forte. Trabalhamos quase sete horas por dia. Voltei melhor fisicamente do que antes de machucar. Se eu tiver a possibilidade de jogar 90 minutos, jogarei sem problema", afirmou Vecchio.

Além de Lucas Lima, o Santos não deve contar com o volante Renato, que sofreu edemas na coxa e no tornozelo. O veterano não foi confirmado como desfalque pelo clube paulista, diferente de Lucas Lima. Caso não jogue, Jean Mota deve iniciar o duelo contra o Barcelona. O novo titular trocará de posição com Vecchio durante o jogo.

"Eles são muito importantes para nós [Lucas Lima e Renato], mas futebol prevalece o coletivo mais do que o individual. O Santos sem Renato ganhou, sem Lucas ganhou, sem Ricardo Oliveira ganhou, sem mim ganhou... O que mais importa é o sistema coletivo. Santos tem um sistema de jogo e não vai mudar muito. Temos uma base e sei que faremos um grande jogo", declarou Vecchio.

Se não bastasse, Levir Culpi enfrenta mais um problema para escalar o time contra o Barcelona. O lateral direito Victor Ferraz não treinou na última terça-feira, no CT Rei Pelé, por conta de dores nas costas e na perna direita. Ele passará por tratamento e massagens para saber se poderá atuar, mas a chance dele jogar também é pequena. Caso Victor Ferraz seja vetado, Daniel Guedes será titular.

A boa notícia será o retorno do atacante Jonathan Copete, que desfalcou o time no jogo de ida por conta de uma mialgia na perna esquerda. Após o empate por 1 a 1 em Guayaquil, o Santos pode empatar sem gols que garante a classificação para a semifinal. Empate acima de dois gols, ao contrário, elimina a equipe santista - quem vencer passa de fase. Caso o placar do jogo de ida, 1 a 1, se repita, a classificação será definida nos pênaltis. Quem passar de fase encara o vencedor do confronto entre Grêmio e Botafogo.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X BARCELONA-EQU

Data e horário: 20 de setembro de 2017, às 21h45 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Auxiliares: Raul Lopez Cruz (PER) e Victor Raez (PER)

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes (Victor Ferraz), Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Vecchio e Jean Mota; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi

BARCELONA-EQU: Banguera; Pedro Velasco, Aimar, Arreaga e Beder Caicedo; Gabriel Marques, Matías Oyola e Damián Díaz; Esterilla, Marcos Caicedo e Jonatan Álvez.
Técnico: Guillermo Almada

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos