Grêmio terá quatro mil ingressos para final da Libertadores na Argentina

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Grêmio ainda vai definir sistema de venda dos ingressos. Cada entrada custará R$ 220

    Grêmio ainda vai definir sistema de venda dos ingressos. Cada entrada custará R$ 220

Grêmio e Lanús-ARG acertaram um detalhe importante para os dois jogos que decidirão a Copa Libertadores: o número de ingressos destinado à torcida visitante. A carga de entradas terá quatro mil bilhetes e todos ao custo de R$ 220. Agora falta definir o sistema de venda tanto na Argentina como em Porto Alegre.

O acerto foi anunciado por Nicolás Russo, presidente do Lanús, na conta oficial do clube no Twitter. O Grêmio ainda monta seu plano de vendas para se manifestar publicamente.

"Serão quatro mil entradas e as quais terão o custo de 68 dólares (R$ 220)", escreveu o clube em sua rede social. "O Grêmio é um clube com muita história. Haverá mais gente do que na Sul-Americana 2013 (contra a Ponte Preta). Vamos dar quatro mil entradas também", escreveu depois o clube argentino.

O primeiro jogo entre Grêmio e Lanús será em 22 de novembro, na Arena do Grêmio. O clube gaúcho deverá ampliar o setor visitante de seu estádio nos próximos dias. O local, atualmente, acomoda entre duas mil e duas mil e duzentas pessoas.

A segunda partida da final ocorre em 29 de novembro, no estádio La Fortaleza, na grande Buenos Aires. O estádio do Lanús tem cerca de três mil e seiscentos lugares na arquibancada e mais oitocentos assentos em outro setor.

O Grêmio planeja vender os ingressos destinados ao seu torcedor para a partida na Argentina em Porto Alegre. O detalhamento do sistema de comercialização deve ser divulgado até o começo da próxima semana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos