Final da Libertadores gera maior renda Arena em jogos do Grêmio

Do UOl, em Porto Alegre

  • REUTERS/Diego Vara

    Equipe do Grêmio posa para fotos antes do 1º jogo da final da Libertadores, contra o Lanús

    Equipe do Grêmio posa para fotos antes do 1º jogo da final da Libertadores, contra o Lanús

Grêmio e Lanús rendeu a maior quantia de dinheiro da história do estádio. Mesmo sem ser o maior público, o preço dos ingressos superou a final da Copa do Brasil do ano passado e só não é a maior renda absoluta por causa da seleção brasileira.

Foram 55.188 pessoas presentes na final contra o Lanús nesta quarta-feira (22). Não é o maior público da história do estádio, porque na final da Copa do Brasil do ano passado, contra o Atlético-MG, estiveram presentes 55.337 estiveram no estádio gremista.

Mas a renda foi maior. No ano passado, a renda foi R$ 5.105.964,00. Nesta quarta, a renda da decisão foi R$ 6. 526. 427,00. Superando a decisão do ano passado por conta do valor dos ingressos.

Contudo, não foi a maior renda da história da Arena. Quando recebeu e seleção brasileira em amistoso contra a França, em 2013, um público de 51.643 pessoas rendeu R$ 6.833.515,00.

Ao mesmo tempo que vibra com o valor, o Grêmio lamenta não ter direitos sobre ele. O contrato de construção da Arena deu a administração do estádio à Arena Porto-Alegrense, empresa derivada do clube e da OAS, que geriu a obra. Desta forma, todas as rendas do ano são somadas e, se houver lucro, o valor é segregado ao fim do ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos