Corinthians começará Libertadores sem Kazim e Rodriguinho, suspensos

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Kazim foi suspenso por cinco partidas e só voltará na última rodada da fase de grupos

    Kazim foi suspenso por cinco partidas e só voltará na última rodada da fase de grupos

O Corinthians entrará desfalcado no sonho pelo seu segundo título da Copa Libertadores. Rodriguinho e Kazim foram punidos com suspensão e não estarão disponíveis para o primeiro compromisso da equipe, contra o Millonarios, da Colômbia. A partida acontece no dia 28 de fevereiro, em Bogotá. A informação foi confirmada pelo UOL Esporte, que ouviu pessoas ligadas ao jurídico do clube.

Para piorar, Kazim foi multado em 10 mil dólares e suspenso por cinco partidas, de modo que só disputará a última rodada da fase de grupos. A denúncia partiu por conduta violenta após desentendimento com os jogadores do Racing, no empate do dia 20 de setembro, pela Copa Sul-Americana.

Rodriguinho recebeu a pena mais branda: multa de mil dólares e apenas um jogo de suspensão automática por ter sido expulso no segundo tempo da mesma partida. O Corinthians tentou pedir para que o gancho só fosse aplicado na próxima edição da Sul-Americana, mas a Conmebol manteve a decisão para a Libertadores.

Nem Marciel escapou. Já emprestado para a Ponte Preta, o volante pegou 10 jogos de suspensão em partidas de competições sul-americanas e terá que pagar multa de 14 mil dólares. O Corinthians afirma que vai decorrer de todas as decisões ainda nesta sexta (29) – exceto a de Rodriguinho, que não permite recurso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos