Morre pai de Fábio e goleiro desfalca o Cruzeiro na estreia da Libertadores

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Anderson Stevens/Light Press/Cruzeiro

    Fábio, goleiro do Cruzeiro, perdeu o pai na véspera da estreia da Libertadores

    Fábio, goleiro do Cruzeiro, perdeu o pai na véspera da estreia da Libertadores

O Cruzeiro não terá Fábio na estreia da Copa Libertadores da América. O goleiro deixou Buenos Aires, na Argentina, na madrugada desta terça-feira (27), para acompanhar o velório de seu pai, José Maciel, no Brasil.

O camisa 1 recebeu a notícia sobre a morte do pai na noite dessa segunda-feira (26) e foi liberado pela comissão técnica para retornar ao país. A decisão foi tomada pelo veterano de 37 anos.

O Cruzeiro informou que o goleiro já retornou para o Brasil para acompanhar o funeral. Lucas França, goleiro de 22 anos, foi chamado para integrar a delegação cruzeirense na Argentina. A expectativa é que ele chegue ao local por volta das 12h (de Brasília).

A causa da morte e a idade do pai do ídolo cruzeirense não foram reveladas pela diretoria cruzeirense. O familiar do atleta residia em Cassilândia, no interior de Mato Grosso do Sul. 

A cidade está a 951 quilômetros de Belo Horizonte. Embora o município esteja no Mato Grosso do Sul, o aeroporto mais próximo é o de Goiânia, a 434 quilômetros de distância.

Sem a presença do atleta, Mano Menezes escalará Rafael no jogo contra o Racing, da Argentina, pela primeira rodada do Grupo 5 da competição internacional. O compromisso ocorre às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (27) no estádio El Cilindro, em Avellaneda.

Lucas França, que estava em Belo Horizonte, foi chamado às pressas para a capital argentina. O arqueiro ficará no banco de reservas do elenco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos