"Poderíamos ter saído com vitória", diz Renato Gaúcho após empate do Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP Photo/Matilde Campodonico

    Luan e Suarez disputam a bola no jogo entre Defensor e Grêmio, pela Libertadores

    Luan e Suarez disputam a bola no jogo entre Defensor e Grêmio, pela Libertadores

O técnico Renato Gaúcho lamentou a falha defensiva que fez o Grêmio ceder o empate em 1 a 1 ao Defensor na estreia pela Libertadores nesta terça-feira (27). Segundo o treinador, o erro foi determinante.

"O primeiro tempo não foi dos melhores na parte técnica. É sempre muito difícil jogar contra um adversário com uma linha de quatro e outra de cinco próximo da área, esperando um erro do Grêmio, uma bola parada, uma falta, contra-ataque. É difícil furar. Conversamos, acertamos no intervalo. Conseguimos o que era difícil. Mas infelizmente tomamos um gol que não costumamos tomar. Principalmente num momento que o adversário cabeceou sozinho. Foi uma falha nossa, deixamos de conquistar uma vitória no Uruguai, onde é muito difícil. Mas tá de bom tamanho um ponto. Fica o gostinho que poderíamos ter saído daqui com vitória", afirmou o técnico.

O Tricolor marcou aos 35 minutos do segundo tempo com Maicon. Mas em seguida sofreu gol de Maulella, em uma falha defensiva. Segundo Renato Gaúcho, o jogo foi mais difícil pela postura do oponente.

"Hoje todo mundo vê o Grêmio como campeão da Libertadores, Recopa, querem correr, vão se fechar, hoje foi o maior exemplo, vão fazer Copa do Mundo. Você tenta, tenta, tenta, não é nada fácil", disse. "Sofremos um gol que não poderia ter sofrido. Erramos e estamos tristes com o resultado", completou.

Pela Libertadores,  o próximo adversário será o Monagas, da Venezuela, que na estreia foi derrotado pelo Cerro Porteño, do Paraguai. No domingo, o Tricolor encara o Juventude pelo Gauchão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos