Contra jejum em altitude, Santos aposta em Gabigol e time calejado

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Somente Gabigol não jogou Libertadores entre os atletas que iniciarão o jogo no Peru

    Somente Gabigol não jogou Libertadores entre os atletas que iniciarão o jogo no Peru

O Santos estreia na Copa Libertadores da América nesta quinta-feira, contra o Real Garcilaso, do Peru, no estádio Garcilaso de la Vega, às 19h15 (de Brasília). O confronto será na altitude de 3.400m de Cusco. Para a equipe brasileira, será a oportunidade de quebrar um jejum de quatro jogos sem vencer acima do nível do mar. A última vez que o clube da Vila Belmiro conseguiu três pontos em situação semelhante foi contra o Once Caldas (1 a 0), em 2011, gol de Alan Patrick.

Desde então, o Santos jogou mais quatro vezes na altitude: foram duas derrotas em 2012, ambas por 2 a 1, contra Bolívar e The Strongest, da Bolivia. Já os dois empates ocorrem no ano passado, quando a equipe santista ficou no 0 a 0 com o Santa Fe, da Colômbia, e empatou por 1 a 1 com o The Strongest.

Para quebrar o mini tabu, o Santos aposta no possível estreante na competição: Gabigol. O camisa 10, que marcou quatro gols em quatro jogos desde que retornou ao Santos neste ano, ainda não disputou a Libertadores. O jogador foi poupado do treino no CT da seleção peruana, em Lima, na última quarta-feira, mas deve jogar contra o Real Garcilaso.

"É uma grande novidade, estou muito ansioso. Sou santista e vi muitos jogos da Libertadores na Vila. Via que o clima era diferente. Estamos ansiosos pela Libertadores", disse Gabigol único dos prováveis titulares  do Santos que ainda não jogou a Libertadores.

Exceção feita à sua principal estrela, o técnico Jair Ventura contará com um "time calejado" na competição continental. Vanderlei, David Braz, Renato, Vecchio e Copete são os mais experientes quando o assunto é Libertadores. O atacante colombiano defendeu o Atlético Nacional na conquista de 2016, mas não disputou todos os jogos justamente para se transferir para o Santos.

A delegação santista chegou em Lima na noite da última terça-feira e viaja na noite desta quarta-feira para Cusco, local da partida contra o Real Garcilaso.

Caso Gabigol não atue, o técnico Jair Ventura deve escalar Arthur Gomes - o jovem Rodrygo e o centroavante Rodrigão correm por fora na briga. A comissão técnica do Santos, no entanto, está confiante que Gabriel jogue contra os peruanos.

Copete, que sentiu desconforto muscular na coxa direita no clássico contra o São Paulo e não enfrentou o Santo André no último domingo, retorna ao time. Além dele, o volante Renato também está confirmado por Jair Ventura após ser poupado contra o Santo André.

FICHA TÉCNICA

REAL GARCILASO X SANTOS

Data: 1º de março de 2018, quinta-feira
Local: Estádio Inca Garcilaso de la Vega, em Cusco (Peru)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Gery Vargas (Bolívia)
Assistentes: Jose Antelo e Juan P. Montaño (ambos da Bolívia)

Real Garcilaso: Diego Morales; Santillán, Dulanto, Kontogiannis e Arismendi; Garcia, Álvarez, Vidales, Ramúa e Landauri; Diego Mayora.
Técnico: Óscar Ibañez.

Santos: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison, Renato e Vecchio; Copete, Eduardo Sasha e Gabriel Barbosa.
Técnico: Jair Ventura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos