Assediado e sem dormir, Vinicius Jr. experimenta glória: "Não imaginava"

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • AP Photo/Dolores Ochoa

    O jovem Vinicius Júnior marcou duas vezes para o Flamengo contra o Emelec-EQU

    O jovem Vinicius Júnior marcou duas vezes para o Flamengo contra o Emelec-EQU

A delegação do Flamengo chegou ao Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (15) depois da vitória por 2 a 1 sobre o Emelec-EQU, em Guayaquil. Não poderia ser diferente. Vinicius Júnior foi o mais assediado por jornalistas e torcedores no Aeroporto do Galeão. Feliz, o garoto ainda se familiariza com o status e o tamanho do feito: os dois belos gols na vitória de virada do Rubro-negro fora de casa na Copa Libertadores.

No voo até o Rio de Janeiro, o menino de 17 anos pouco dormiu. Na cabeça, o filme do momento mais importante como jogador do Flamengo. A empolgação - com uma pitada de pés no chão - transpareceu no discurso.

"Até dormi muito pouco no avião. Fiquei feliz e recebi várias mensagens. Estou vendo as coisas ainda por causa da viagem. Ficamos sem conexão", disse.

"Não imaginava mesmo uma estreia como essa. Fazer dois gols e ajudar o Flamengo. Temos a oportunidade de mostrar o trabalho toda a quarta e domingo no futebol. Felizmente, consegui", completou.

Vinicius Júnior também contou o segredo para que mudasse um jogo tão fundamental para o Flamengo no Grupo 4 da Copa Libertadores. O Rubro-negro é o líder da chave, com quatro pontos.

"O Paulo [César Carpegiani] sempre fala em 50% de futebol e 50% de personalidade. Entrei com isso na minha mente e pude decidir o jogo", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos