Rodrygo pede desculpa após faltar à escola por jogo do Santos: "Motivo bom"

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC

Rodrygo Goes não foi para a escola nesta quinta-feira (15), mas ele espera que os professores possam entender. Se forem santistas, melhor ainda, já que o atacante não só esteve presente na vitória por 3 a 1 sobre o Nacional-URU, no Pacaembu, como ainda fez um golaço histórico.

"É um orgulho que nem todos podem ter... Desculpa, professores, faltei na escola por um motivo bom. Noite maravilhosa! Jogador brasileiro mais jovem a marcar em Libertadores!", escreveu o jogador no Instagram. O próprio Santos compartilhou o post: "Quem acha que os professores devem perdoar nosso Menino da Vila, curte!", escreveu o clube.

O jovem atacante de 17 anos superou a marca que desde 2003 pertencia a Diego, meia revelado pelo Santos que atualmente defende o Flamengo. Em entrevista coletiva ao lado do técnico Jair Ventura, Rodrygo também falou sobre a ausência na escola.

"Acho que eles não vão ficar bravos por eu ter faltado hoje, né? Dá para conciliar bem", brincou o menino, que já havia mostrado personalidade ao falar com a imprensa na saída do gramado do Pacaembu.

Após vencer o Nacional, o Santos volta a campo pela Copa Libertadores da América no próximo dia 5, quando encara o Estudiantes, na Argentina. Dois dias antes, o time Uruguai enfrenta o Real Garcilaso no Peru.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos