Com quatro poupados, Palmeiras domina peruanos e vence a 2ª na Libertadores

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Borja faz gol do Palmeiras contra o Alianza Lima na Libertadores

    Borja faz gol do Palmeiras contra o Alianza Lima na Libertadores

Sem nenhuma dificuldade, o Palmeiras venceu o Alianza Lima e manteve 100% de desempenho após a disputa da segunda rodada da Libertadores. Mesmo com quatro titulares poupados na noite desta terça-feira (3), a equipe brasileira dominou amplamente a partida e deixou o Allianz Parque com o placar de 2 a 0 com gols de Thiago Martins e Borja. Clique aqui e veja os gols da vitória do Palmeiras.

Marcos Rocha, Victor Luís e Bruno Henrique, que estiveram entre os titulares na vitória por 1 a 0 contra o Corinthians no último sábado, nem foram relacionados. Já Willian, outro que começou o dérbi, ficou no banco. Em seus lugares entraram Mayke, Diogo Barbosa, Moisés e Keno. Durante o jogo, Deyverson e Alejandro Guerra ainda ganharam chances nas vagas de Borja e Lucas Lima. 

Com seis pontos em dois jogos, os palmeirenses poderão usar a semana sem se preocupar com a Libertadores e apenas pensando na final do Paulista. Logo após o primeiro gol, inclusive, o time ouviu a sua torcida gritando que "domingo o bicho ia pegar". Depois, próximo do apito final, o Corinthians voltou a ser lembrado.

Depois de ter vencido a ida por 1 a 0, a equipe de Roger Machado agora recebe o Corinthians em casa, às 16h de domingo (8), para definir quem será o campeão. Basta um empate para levantar o troféu. Na Libertadores, o próximo jogo está marcado para quarta-feira (11), contra o Boca Juniors, às 21h45, novamente no Allianz Parque. O Alianza Lima enfrenta o Junior Barranquila apenas daqui a duas semanas. 

Ale Cabral/AGIF
Borja, Thiago Martins e Antônio Carlos comemoram gol do Palmeiras contra o Alianza Lima na Libertadores

Gol logo no começo frustra planos do Alianza

O Alianza Lima pretendia impor a mesma tática que assegurou um 0 a 0 na estreia da fase de grupos da Libertadores contra o Boca Juniors. O Palmeiras sabia da opção do adversário e tratou de abrir o placar logo nos primeiros minutos. Dudu levantou bola em direção de Antônio Carlos, ela bateu na trave e sobrou para Thiago Martins. Sozinho, o zagueiro fez. Atrás no placar, a equipe peruana precisou deixar de lado a marcação e se abriu mais ao jogo.

Dudu, Borja e Keno desperdiçam chances

Com o time do Alianza precisando sair para o jogo, o Palmeiras passou a dominar ainda mais as chances de gol. Os adversários deixaram clara a sua limitação técnica e não conseguiam passar do meio-campo sem um chutão. Assim, Borja, Dudu e Keno criaram ótimas chances. Borja deu carrinho cara a cara com o gol e acertou a trave. Até de letra o colombiano tentou, mas não teve sucesso. Dudu e Keno driblaram os adversários em ocasiões diferentes dentro da área e conseguiram o mais difícil ao isolar os chutes.

Palmeiras começa mais um tempo arrasador

Depois de tentar por ao menos cinco vezes no primeiro tempo, Borja conseguiu balançar as redes do Alianza Lima logo no primeiro minuto do 2º tempo. Keno fez boa jogada pela esquerda, cruzou e contou com uma falha bizarra do goleiro Prieto, que largou a bola nos pés de Borja. O colombiano se atirou para garantir o 2 a 0 para a explosão do estádio.

Ale Cabral/AGIF
Diogo fez seu primeiro jogo como titular e cansou

Alianza muda e assusta Jailson

Uma das surpresas da escalação do Alianza Lima foi a escalação de Leyes para atuar como centroavante. No início do segundo tempo, o técnico resolveu voltar a escalar seu titular Hohberg. E ele entrou dando problema. Em dois minutos, ele assustou Jailson com dois chutes que passaram perto do travessão. Na primeira, o perigo foi levado após batida de falta. Na segunda, o chute veio da entrada da pequena área pela esquerda. 

Roger roda time e administra vantagem

Com o placar assegurado e algum sinal de cansaço de seus atletas, Roger Machado resolveu fazer trocas na equipe titular. Deyverson e Alejandro Guerra receberam chances nos lugares de Borja e Lucas Lima. Os dois saíram bastante aplaudidos pelos mais de 30 mil que foram ao Allianz Parque. Pouco depois, Diogo Barbosa não aguentou de câimbra e foi substituído pelo improvisado Tchê Tchê. 

Provocação ao rival

Logo depois de abrir o placar e em outras ocasiões durante os 90 minutos, a torcida do Palmeiras fez questão de lembrar que domingo decidirá a final contra o Corinthians. O grito entoado pela maioria dizia para "a gambazada se segurar porque o bicho ia pegar". Já perto do apito final, os gritos voltaram a lembrar o rival, mas, desta vez, com o aviso: "é dia 8!".

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 0 ALIANZA LIMA

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 03/04/2018
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: José Argote (Colômbia)
Público: 30.456 pagantes
Renda: R$ 2.903.370,96

Gol: Thiago Martins, aos 10 minutos do 1º tempo; Borja, ao 1 minuto do 2º tempo
Cartão amarelo: Duclós (Alianza Lima)

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Moisés e Lucas Lima (Alejandro Guerra); Dudu, Borja (Deyverson) e Keno.
Técnico: Roger Machado

ALIANZA LIMA: Prieto; Cotrina, Duclós, Godoy e Araujo; Costa, Ascues, Ramírez, Velarde (Kevedo) e Cruzado; Leyes (Hohberg).
Técnico: Pablo Bengoechea

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos