Técnico do Boca elogia Palmeiras, mas quer seu time se impondo no Allianz

Do UOL, em São Paulo

  • ALEJANDRO PAGNI/AFP

O confronto desta quarta-feira (11) entre Palmeiras e Boca Juniors pode encaminhar a classificação de um deles à próxima fase da Copa Libertadores. Não à toa o duelo é tratado com enorme seriedade pelo técnico do time argentino, Guillermo Barros Schelotto. O treinador elogia o adversário, mas planeja uma equipe que se imponha no Allianz Parque.

"Estamos bem. Esperamos fazer uma boa partida, sair para ganhar ou ao menos não perder; somar pontos como visitante e em seguida ganhar em casa", projeta Schelotto, negando um Boca Juniors defensivo no confronto.

"Não podemos ir para especular [com o empate], mas tentar nos impor. Nós temos que tentar estar bem na defesa e aproveitar a bola quando a tivermos", afirma, dando resposta um tanto genérica quanto a estratégia boquense e elogiando o Palmeiras.

"É uma boa equipe, com Felipe Melo, Marcos Rocha, que foi campeão com o Atlético Mineiro… Uma equipe com experiência, rápida e com bons jogadores, que vai tentar se impor como mandante", acredita o treinador do Boca Juniors.

O Palmeiras é líder do grupo 8 da Libertadores com seis pontos, e o Boca vem logo atrás com quatro. Alianza Lima (um ponto) e Junior Barranquilla (nenhum) completam a chave.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos