Corinthians bate Independiente por 1 a 0 com gol mal anulado dos argentinos

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Gustavo Garello

    Jadson marcou o único gol da partida disputada em Avellaneda

    Jadson marcou o único gol da partida disputada em Avellaneda

O Corinthians arrancou uma vitória importante fora de casa na Libertadores. O time alvinegro passou sufoco diante do Independiente em Avellaneda, mas conseguiu somar três pontos e manter a liderança do Grupo 7. Jadson marcou o único gol do jogo. O time argentino teve um gol mal anulado nos minutos finais (clique e confira o gol da vitória).

O jogo foi marcado por um primeiro tempo movimentado com chances reais para os dois lados. Na etapa final, o time da casa pressionou o Corinthians, sem furar a sólida linha defensiva alvinegra - a equipe ainda não levou gols nessa Libertadores. Aos 35 minutos, Jadson fez o gol de cabeça. Em seguida, Silvio Romero fez um gol legal e viu o árbitro uruguaio Daniel Fedorczuk assinalar impedimento.

Depois de três rodadas, o Corinthians soma sete pontos na sua chave. Millonarios-COL tem quatro pontos, enquanto o Deportivo Lara-VEN e Independiente somam três pontos.

A equipe alvinegra medirá forças novamente com o Independiente daqui a duas semanas, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. O duelo será em Itaquera.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, pelo Brasileirão, para enfrentar o Paraná Clube fora de casa. O jogo será disputado às 11h (de Brasília). 

O melhor: Rodriguinho

AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

O meio-campista mostrou mais uma vez que vive grande fase no Corinthians. Livre para criar, Rodriguinho comandou o time corintiano na Argentina e distribuiu uma série de passes precisos para os companheiros. Quando tinha a oportunidade, invadia a área para concluir ao gol.

O pior: Clayson

Não foi uma noite feliz para o meia-atacante corintiano. No primeiro tempo, Clayson errou duas matadas de bola em lances cujas chances de gol eram reais. Além disso, o jogador não teve bom desempenho em lances defensivos, com erros na saída de bola. Foi substituído no segundo tempo.

Independiente pressiona

Apoiado pelos torcedores, o Independiente se lançou ao ataque e pressionou o Corinthians no começo do jogo. O time argentino chegou com perigo em pelo menos quatro lances antes mesmo do jogo completar dez minutos Os corintianos, por sua vez, encontraram dificuldades para sair para o jogo com a bola no chão.

Lance polêmico

Aos nove minutos, os jogadores do Independiente pediram pênalti depois de um chute de Benítez na entrada da área. Ralf desviou a bola com a coxa e livrou o Corinthians de mais uma jogada perigosa em Avalleneda.

Maycon arrisca primeiro chute

O Corinthians aos poucos começou a criar oportunidades de gol. Na base dos passes longos e na transição rápida, o time quase conseguiu fazer 1 a 0 aos 12, com Maycon, que recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado. O goleiro, bem colocado, fez a defesa. 

Independiente assusta de novo

AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

Aos 18 minutos, o time da casa teve a melhor chance de gol do primeiro tempo. O atacante Silvio Romero recebeu um passe em profundidade, ganhou de Balbuena e finalizou já na área. A bola passou rente à trave esquerda, com Cássio já batido.

Corinthians reage e assusta

REUTERS/Marcos Brindicci

A partir dos 20 minutos, o Corinthians passou a ter mais a bola no campo de ataque. Rodriguinho, em grande fase, comandou as ações no meio-campo e deixou seus companheiros com liberdade para concluir. Clayson, em duas oportunidades, errou a matada e perdeu a chance de finalizar à meta com mais chances de marcar,

Poucas faltas e jogo movimentado

Independiente e Corinthians fizeram um jogo movimentado, sobretudo na primeira etapa, que acabou marcada por lances de perigo dos dois lados. Em 45 minutos, os dois times, juntos, fizeram seis faltas - os corintianos cometeram apenas uma infração.

Independiente volta com mudanças

A equipe argentina voltou para a segunda etapa com duas alterações. Entraram os titulares Meza e Gigliotti nas vagas de Menéndez e Benítez, respectivamente. Nessa formação, o time da casa passou a jogar com mais posse de bola no campo de ataque. O Corinthians, por sua vez, manteve a formação e manteve a aposta na solidez defensiva e na saída no contra-ataque.

Corinthians faz 1 a 0 com Jadson

AP Photo/Gustavo Garello

Mesmo pressionado, o Corinthians conseguiu sair na frente do Independiente. Jadson, em baixa no jogo, foi à forra e marcou o gol do triunfo. No lance, o camisa 10 contou com a sorte ao cabecear e ver a bola tocar na trave e no goleiro duas vezes antes de entrar.

Árbitro anula gol legal

Aos 41 minutos, o Independiente foi às redes, mas viu o árbitro Daniel Fedorczuk, o Uruguai, anular o lance. Silvio Romero, que chutou a bola para as redes, estava em posição legal, atrás de pelo menos três defensores corintianos.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE 0 x 1 CORINTHIANS

Data: 18 de abril de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Competição: Copa Libertadores (fase de grupos)
Local: Estádio Libertadores de América, em Avellaneda (Argentina)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Carlos Pastorino e Richard Trinidad (ambos uruguaios)
Cartões amarelos: Bustos (Independiente); Henrique (Corinthians)

Gol: Jadson, aos 35 minutos do segundo tempo.

INDEPENDIENTE: Campaña, Bustos, Figal, Amorebieta e Gastón Silva; Gaibor e Domingo; Benítez (Gigliotti), Menéndez (Meza) e Verón; Silvio Romero. Técnico: Ariel Holan.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Romero (Júnior Dutra), Rodriguinho, Jadson (Marquinhos Gabriel) e Clayson (Mateus Vital). Técnicor: Fábio Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos