Invicto pelo Palmeiras contra o Boca, Alex dá conselho a jogadores do clube

Do UOL, em São Paulo

  • Folhapress

    Alex em ação durante treino do Palmeiras

    Alex em ação durante treino do Palmeiras

Nesta quarta-feira (25), o Palmeiras visita o Boca Juniors em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Ídolo do clube paulista, o ex-meia Alex relembrou os seis duelos que fez contra a equipe argentina pelo time alviverde e deu conselhos aos brasileiros que entrarão em campo na Bombonera.

"Com a camiseta do Palmeiras, enfrentei o Boca Juniors seis vezes. Três eliminatórias de competições sul-americanas. Cinco empates e uma vitória nossa no saudoso Palestra Itália. Nessa Libertadores, já empataram no Brasil, e hoje se enfrentarão em La Bombonera. Me perguntaram a receita para vencer lá... digo sempre o mesmo. Que a estratégia montada seja equilibrada, e os jogadores desfrutem", aconselhou Alex, por meio de postagem em sua conta pessoal no Instagram.

"Sabemos bem o que houve em 2000 e 2001. Mas como os resultados não se alteram, eu fico com as emoções do jogo. Mesmo após tanto tempo ainda são vivas. Jogar lá é algo muito prazeroso. Que os atletas do Palmeiras hoje possam desfrutar desse privilégio q é usar essa camisa, e hoje com privilégio extra de jogar nesse estádio de tanta história. Sorte ao Palmeiras e leveza aos atletas", completou.

Alex enfrentou o Boca em três mata-matas durante sua passagem pelo Palmeiras. Na primeira, na Mercosul de 1998, levou a melhor: 3 x 1 no jogo de ida, disputado no Palestra Itália, e 1 a 1 na volta, na Bombonera.

Depois, foram mais dois duelos pela Libertadores, com quatro empates e duas derrotas nos pênaltis: na final de 2000 e na semifinal de 2001. O Palmeiras reclamou muito da arbitragem nas duas partidas disputadas na Bombonera pela competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos