Parecia a Alemanha. Cruzeiro faz 7 no Mineirão e vence 1ª na Libertadores

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Douglas Magno/AFP Photo

    Massacre! Cruzeiro entrou em campo pressionado e saiu com uma goleada histórica

    Massacre! Cruzeiro entrou em campo pressionado e saiu com uma goleada histórica

Pressionado e com obrigação de vitória, o Cruzeiro recebeu a Universidad de Chile no Mineirão e deu uma resposta pra lá de positiva. Devendo nas três primeiras partidas, a Raposa goleou por 7 a 0, venceu seu primeiro compromisso na Libertadores e tomou o segundo lugar dos chilenos com muita propriedade no grupo 5 da competição. Assista aos gols da partida.

Os primeiros gols do jogo foram marcados por Thiago Neves, Rafinha e Sassá, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Arrascaeta deixou o seu, Sassá e Thiago Neves voltaram a marcar, além de Rafael Sóbis, que fechou a conta.

Com o resultado, a equipe mineira já vai terminar a quarta rodada na segunda colocação com os mesmos cinco pontos da La U, mas superando o adversário no saldo de gols (5 a -6). Para tentar selar a classificação e até brigar pelo topo, o Cruzeiro ainda terá pela frente um jogo com o Vasco, no Rio, e outro contra o Racing, em BH.

O melhor: Arrascaeta deixa o seu e expulsa dois chilenos com sua habilidade

O prêmio de melhor jogador em campo foi concorrido principalmente com Thiago Neves e Sassá, mas Arrascaeta acabou se sobressaindo de todos seus companheiros, que também fizeram ótima partida. O uruguaio marcou um gol, sofreu um pênalti e ainda tirou dois jogadores da Universidad de Chile. Vilches e Echeverría não conseguiram segurar as escapadas do meia e recorreram às faltas para parar o camisa 10.

Vestiário de cara nova para incentivar Raposa

Cruzeiro/Divulgação

Acostumar a utilizar um vestiário 'neutro' e sem personalização do clube, os jogadores do Cruzeiro encontraram o local diferente antes do jogo. Desta vez, o vestiário foi tematizado para ajudar a colocar os jogadores no clima. A música cantada pela torcida foi inspiração na frase levemente modificada: 'somos campeões, não se esqueçam!'.

Virou passeio com 20 minutos

Solto, veloz e com muito apetite, o Cruzeiro não precisou de muito tempo para construir a vitória. Melhor desde o início, o clube amassou a apática Universidad de Chile, que começou a sofrer com Thiago Neves antes dos dez minutos, abrindo o placar de falta. Escalado de titular mais uma vez, Sassá o deu retorno positivo e participou (ligeiramente impedido) do segundo gol encobrido o goleiro Johnny Herrera antes de ver Rafinha completar para o gol. Próximo dos acréscimos, Sassá teve uma nova chance e deixou sua marca cobrando pênalti. 3 a 0 com muita tranquilidade.

Atacante com Mineirão tatuado não sai bem em retorno

Mauricio Pinilla ficou marcado por quase eliminar o Brasil nas oitavas de final da Copa de 2014. No último minuto da prorrogação, o atacante finalizou na trave de Júlio César e quase classificou o Chile. O jogador até eternizou o lance com uma tatuagem, mas não foi feliz em seu retorno ao Mineirão. Substituído no intervalo, saiu de campo com apenas um chute para fora.

Lá vem eles de novo...

Com a vitória garantida já em 45 minutos, o Cruzeiro não parou por aí. A La U, que já voltaria para o segundo tempo com um a menos, perdeu Echeverría logo aos quatro minutos. A expulsão só facilitou ainda mais o passeio. Voando em campo e com ainda mais espaço diante de um time grogue, o Cruzeiro ampliou por mais quatro vezes. Arrascaeta recebeu passe de Edilson e fez o quarto. Sassá ganhou um novo presente de Egídio e também fez o seu. Lucas Romero entrou em campo e ajeitou de cabeça para Thiago Neves marcar mais um. Por fim, Rafael Sóbis, também promovido por Mano, se antecipou ao goleiro e pintou o sete.

Casal 'NoPau' do BBB no Mineirão

Participantes do Big Brother 28, o casal Breno e Paula, apelidado de 'NoPau' pelos fãs, marcou presença no Mineirão. A empresária mineira é torcedora celeste e compareceu ao gigante da Pampulha com o arquiteto goiano.

CRUZEIRO 7x0 UNIVERSIDAD DE CHILE

Motivo: 4ª rodada do Grupo 5 da Libertadores
Data/Hora: 26/04/2018, às 19h15 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Roddy Zambrano Olmedo (EQU)
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Luis Vera (EQU)

GOLS: Thiago Neves, 9'1ºT (1-0); Rafinha, 17'1ºT (2-0); Sassá, 43'1ºT (3-0); Arrascaeta, 10'2ºT (4-0); Sassá, 16'2ºT (5-0); Thiago Neves, 29'2ºT (6-0); Rafael Sóbis, 35'2ºT (7-0)
Cartões amarelos: Henrique, Egídio (CRU); Vilches, Rodrigo Echeverría (UNI)
Cartão vermelho: Vilches, Rodrigo Echeverría (UNI)
Público/Renda: 30.252 pagantes/34.147 presentes/R$1.584.454,00.

Cruzeiro: Fábio; Edílson (Lucas Romero, 24'2ºT), Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva, Henrique (Ariel Cabral, 7'2ºT); Thiago Neves, Arrascaeta e Rafinha; Sassá (Rafael Sóbis, 31'2ºT). Técnico: Mano Menezes.

Universidad de Chile: Johnny Herrera; Gonzalo Jara, Vilches e Rodrigo Echeverría; Matías Rodríguez, David Pizarro (Contreras, 13'2ºT), Reyes e Beausejour; Angelo Araos, Soteldo (Rafael Caroca, 17'2ºT) e Mauricio Pinilla (Guerra, Intervalo). Técnico: Ángel Hoyos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos