Goleada contra a La U foi a maior do Cruzeiro na história da Libertadores

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Reuters

    Cruzeiro massacrou a La U e igualou sua maior goleada na história da Libertadores

    Cruzeiro massacrou a La U e igualou sua maior goleada na história da Libertadores

O Cruzeiro escreveu seu nome na história da Copa Libertadores mais uma vez. Além de afastar as chances de uma eliminação inédita na fase de grupos do torneio, os 7 a 0 contra a Universidad de Chile igualou a maior vitória que o time mineiro teve na competição. Assista aos gols da partida.

A goleada imposta sobre os chilenos nesta noite de quinta-feira se igualou o outro massacre do Cruzeiro de oito anos atrás. Assim como em 2018, a maior vitória celeste no torneio continental também foi alcançada em 2010, contra o Real Potosí. Em fevereiro daquele ano, a Raposa garantiu sua classificação na fase de grupos com gols de Marquinhos Paraná, Thiago Ribeiro, Kléber, Jonathan, Eliandro, Bernardo e Guerrón.

O jogo desta quinta-feira também superou o maior triunfo desta edição de Libertadores. Pela segunda fase da competição, o Guaraní devolveu a derrota para o Carabobo na ida por 1 a 0 com um 6 a 0 na partida de volta, no Paraguai.

Agora, o Cruzeiro volta a ganhar forças para disputar uma classificação às oitavas de final da competição. Com cinco pontos, mas em vantagem no saldo de gols diante da La U (5 contra -6), a Raposa terá pela frente mais dois confrontos: contra o Vasco, no Rio de Janeiro, e diante do Racing, fechando a fase de grupos, em Belo Horizonte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos