"Argentino só faz m...", dipara Galhardo após racismo de torcida do Racing

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

O meia Thiago Galhardo, que foi titular do Vasco no empate em 1 a 1 com o Racing (ARG), nesta quinta-feira, em São Januário, pela Copa Libertadores, foi duro nas críticas aos argentinos em relações aos atos de racismo de parte da torcida "hermana". Veja os gols da partida.

Primeiramente, ele foi questionado sobre a campanha feita pelo fornecedor de material esportivo do Racing antes do duelo no Rio, onde prometeu sortear camisas oficiais a cada gol da equipe argentina.

"Até disse que falaria sobre isso. Primeiro eu gostaria de parabenizar o Racing pelo time que é, pela qualificação que tem, mas essa campanha... Eles têm que respeitar o Vasco da Gama, a camisa que tem aqui. Um clube que é campeão da Libertadores, campeão brasileiro... Eles têm que ter esse respeito. Isso foi uma falta de respeito", declarou.

Na sequência de seu comentário ele lembrou dos atos racistas no jogo de ida, na Argentina, quando alguns torcedores imitaram macacos para os vascaínos.

"Tem que parabenizar a nossa torcida, que deu um show na arquibancada e, diferente deles lá, que fizeram aquele ato na arquibancada... A gente não pode aceitar uma injúria racial dessa. Então parabéns para nós, Vasco da Gama, que estamos lutando dentro de campo, nossa torcida que tem lotado, diferente da deles. Argentino só faz m...", polemizou.

Durante a partida em São Januário alguns torcedores do Racing atiraram bananas para o lado dos vascaínos, algo que causou revolta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos