Boca precisa de "ajudinha" do Palmeiras para evitar vexame após 24 anos

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

  • JUAN MABROMATA/AFP

    Vinte e quatro anos após levar seis do Palmeiras, Boca agora precisa de uma mão

    Vinte e quatro anos após levar seis do Palmeiras, Boca agora precisa de uma mão

O Boca Juniors joga a vida na Copa Libertadores nesta quarta-feira (16), e depende da ajuda do Palmeiras para avançar às oitavas de final. Seis vezes campeão, o time argentino corre o risco de cair na primeira fase pela primeira vez em 24 anos; uma eliminação que em 1994 poderia até não ser vexame, mas atualmente sim.

Na última vez que o Boca caiu na fase de grupos, tudo era muito diferente, incluindo a sala de troféus do clube. Desde então foram 24 edições de Copa Libertadores, das quais o time xeneize disputou 14 e venceu quatro. Foram ainda dois vice-campeonatos, além de duas eliminações em semifinais, três nas quartas e três nas oitavas.

Foi justamente neste período, dos anos 90 para cá, que o time argentino se consolidou como bicho papão da competição. Daí o ineditismo de campanha tão ruim até aqui (uma vitória em cinco jogos), que é chocante pelo respeito que os xeneizes impõem no continente.

A própria Copa Libertadores tinha formato diferente do atual em 1994: vinte times eram divididos em cinco grupos, e só o pior de cada chave ficava pelo caminho; e não dois, como atualmente. Por regulamento, todos os grupos tinham representantes de dois países. O Boca Juniors encarou Cruzeiro, Palmeiras e o também argentino Vélez Sarsfield, tendo vencido um jogo só (2 a 1 sobre o time alviverde na Bombonera) ? no então Parque Antártica, o Verdão de Roberto Carlos, Zinho e Evair atropelou por 6 a 1.

J. F. Diório/Folhapress
Em 1994, Boca foi goleado no Parque Antártica e acabou eliminado na fase de grupos

A história particular de Palmeiras x Boca Juniors evoluiu bastante desde aquela ocasião. A equipe alviverde tirou os argentinos da Mercosul-1998, mas tomou o troco na final da Libertadores de 2000 e na semifinal do ano seguinte.

Nesta temporada o time brasileiro levou a melhor e dominou o grupo 8 da Libertadores. Daí que a classificação do Boca depende essencialmente do resultado de Palmeiras x Junior Barranquilla, confronto que acontece às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira (16). Uma vitória colombiana no Allianz Parque desclassifica o Boca Juniors, que está um ponto atrás e precisa vencer o Alianza Lima em casa para ter chances.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos