Topo

Futebol


Borja não comemora gols, mas justifica atitude: 'Torço pelo Junior'

Daniel Vorley/AGIF
Borja toca por cima do goleiro Viera para fazer seu segundo gol no jogo Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Do UOL, em São Paulo

2018-05-16T23:49:08

16/05/2018 23h49

Autor dos gols que deram a vitória ao Palmeiras por 3 a 1 sobre o Junior Barranquilla, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, Miguel Borja tinha motivos de sobra para extravasar após ir às redes - ele é o artilheiro alviverde nesta temporada, com 14 gols. Mas o camisa 9 reagiu de forma oposta. Cara fechada, encarada da torcida, quase nenhuma vibração. Nem os aplausos ao ser substituído, aos 25 minutos do segundo tempo, comoveram o jogador. Assista aos gols da partida.

Estaria Borja na bronca com parte da torcida, que não poupou críticas à equipe por conta da derrota para o rival Corinthians no último fim de semana? Ele deu outra justificativa, mais íntima. "Não festejei porque torço para o Junior", disse o colombiano, respeitando o clube do coração na infância.

"Da felicidade vem um pouco de tristeza. O Junior teria de ganhar e o Boca [Juniors] não fazer o mesmo. Mas tratamos de fazer o nosso trabalho", completou Borja na saída de campo.

A vitória garantiu ao Palmeiras a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, com 16 pontos, mas eliminou o Junior, que foi ultrapassado pelo Boca na tabela do Grupo 8.

Apesar da tristeza pelo fracasso do Junior, o atacante colombiano exaltou a atuação do Palmeiras, principalmente no segundo tempo. "Foi um grande resultado. Jogamos muito bem, a equipe melhorava a cada minuto que passava", concluiu Borja.

Mais Futebol